Filho de Sandra de Sá, Jorge de Sá defende Manoel Carlos. "Ele elaborou com carinho, mas não caiu na graça do público"


Jorge de Sá ficou seis anos longe das telinhas. Depois de atuar em “Páginas da Vida”, na Globo, o filho de Sandra de Sá está no elenco de “Em Família”, da mesma emissora. Neste período, o ator batalhou para se manter em novelas e passou por vários testes. “Alguns bateram na trave”, afirmou Jorge em entrevista ao iG . “Muitos amigos passaram tempos fazendo testes e só depois emplacaram. Comigo foi ao contrário. Não foi nada anormal, só aconteceu em um tempo diferente. Procurei os trabalhos, não recusei nada. Só não rolou”, contou Jorge.

Um motivo que pode ter influenciado nas poucas oportunidades é a menor quantidade de papéis para atores negros. “Meu núcleo só tem a Érika Januza e eu. São menos papéis. Acaba que são menos oportunidades. Isso é um fato”.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias nos famosos

Ainda assim, o ator não ficou parado, e hoje faz uma análise bastante positiva sobre os anos afastado das novelas. “Foi legal para cuidar de mim, trabalhar muito com teatro, cinema, fiz filme brasileiro, filme gringo, usei meu inglês... Hoje sou uma pessoa e um ator mais maduro”, afirma ele, que cursou o ensino médio em uma escola dos Estados Unidos e está com 27 anos de idade.

Questionado sobre carreira internacional, não descarta a possibilidade de retornar aos Estados Unidos se receber algum convite para atuar. “Tenho intenção de fazer filmes, usar meu inglês. Se tiver proposta de conhecer outros lugares através do meu trabalho, será lindo”.

“Em Família”

O trabalho de Jorge em “Em Família” está chegando ao final, já que a trama terá seu último capítulo exibido no dia 18 de julho, dando lugar a “Império”, de Aguinaldo Silva . A novela de Manoel Carlos recebeu muitas críticas desde a estreia, em especial, no núcleo que conta com Luiza ( Bruna Marquezine ) e Helena ( Julia Lemmertz ).

Ao longo da novela, poucos atores se destacaram e alguns personagens o público nem reconhece como parte da trama. Questionado sobre o motivo do desconhecimento do casting, Jorge não acredita que isso seja culpa nem do excesso de personagens, nem da baixa audiência.

"Gosto da forma de escrever do Maneco. Ele já fez novelas com mais personagens e que teve mais audiência. Acho que ela pode não ter caído no gosto do público, mas não por quantidade de personagem. O que aconteceu é que ele elaborou esse projeto com o carinho e a competência de sempre, mas não caiu na graça do público como outros projetos dele”, afirmou Jorge, que ainda apontou outro ponto importante sobre as críticas. “O Maneco tem uma responsabilidade grande por ser quem ele é. As pessoas já esperam uma novela fantástica, absurda. Então a responsabilidade é maior”.

Jorge contou ainda sua reação ao ouvir tantas críticas sobre a trama. Certa vez, ao postar uma imagem com parte do elenco no Instagram, uma seguidora criticou muito os personagens que apareceram no clique. “Ela escreveu falando mal para caramba. E eu respondi: ‘ainda bem que sua televisão tem outros canais’. O que eu acho é que, se você não está gostando, pode ver outra coisa”.

Carreira musical

Baterista, filho de Sandra de Sá e afilhado de Cazuza, Jorge também tem um pézinho na carreira musical. “Minha carreira dentro da música é fora dos palcos”, explicou ele, que atualmente é empresário da mãe e tem uma produtora.

Sobre qualquer comparação com o sucesso da mãe na carreira artística, ele diz que nunca aconteceu. “Se alguém me comparar com uma das principais cantoras do Brasil vou me sentir mal, lá embaixo. São 32 anos que ela tem de carreira. Não tem como comparar. Se Deus quiser, daqui uns 30 anos possam falar que mãe e filho tiveram uma história de sucesso. Isso eu quero muito que falem”.

O ator ainda comentou que a relação que algumas pessoas fazem dele com a mãe é que ele conseguiu certos papéis por ser filho de quem é. “É óbvio que fiz muito por causa dela. Se não fosse, eu não teria estudado fora, não teria a educação que tenho, não teria os contatos que tive, porque cresci nesse meio”, admitiu ele, se defendendo: "Na hora do teste, não há nada que 'ser filho de Sandra de Sá' possa fazer."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.