Ex-fazendeiro quer ser eleito para mudar lei sobre pensão alimentícia: "Quero mais respeito aos pais"

Marcos Oliver e a mulher posaram com Scheila Carvalho e Tony Salles durante aniversário da filha da ex-dançarina
Thiago Duran e ou Caio Duran/AgNews
Marcos Oliver e a mulher posaram com Scheila Carvalho e Tony Salles durante aniversário da filha da ex-dançarina


Marcos Oliver foi com a mulher e os filhos ao aniversário da pequena Guillia , filha de Scheila Carvalho e Tony Salles , na noite dessa terça-feria (1), em São Paulo. Após passar um mês na cadeia por dever R$ 50 mil de pensão alimentícia para a filha Letícia , de 12 anos, o ex-fazendeiro decidiu se candidatar a deputado federal com a proposta de mudar a lei sobre pensão.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias dos famosos

“Já sou filiado a um partido há cinco anos, já disputei as eleições em 2012 como vereador, sempre gostei, mas quero me ver lá e talvez mudar uma lei difícil, que é a lei da pensão alimentícia. Quero mexer nela para que tenham mais respeito aos pais, principalmente aqueles que são presos com deficiência física, problema de saúde, sem ter uma chance de se defender, ou com uma família para cuidar aqui fora. Sei que vai ser difícil, mas quero mais respeito, somos pais de família e não bandidos, da forma como somos tratados”.

Mesmo após a prisão, Oliver contou que ainda não conseguiu resolver com a Justiça a questão que o levou à cadeia. “Nem sendo preso a gente consegue solucionar o problema. Tenho uma audiência marcada para meados deste mês para entrar num acordo, reduzir a pensão, já que não tenho um trabalho fixo”.

Enquanto estava preso, o ex ator do “Teste de Fidelidade”, disse que recebeu muitas propostas de emprego, mas que até agora nada foi cumprido. “Tive muitas propostas no tempo que eu fiquei detido, minha mulher sempre dizia que muita gente estava oferecendo trabalho, contratos, mas muita gente fala, de repente até tirar proveito da situação. Tive ajuda de amigos como o Ivo Meirelles , o Yudi Tamashiro e o João Klebber ”, mas porque são amigos, estavam sempre ali”.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.