Ator gritou com espectadores durante peça de teatro em NY e desacatou policiais antes de ser preso na semana passada

Reuters

O ator Shia LaBeouf , acusado na semana passada de atrapalhar uma apresentação do musical "Cabaret", em Nova York, está passando por tratamento contra o alcoolismo, disse a sua porta-voz nesta terça-feira (1º).

LaBeouf, de 28 anos, procurou voluntariamente atendimento ambulatorial para tratar a dependência, disse Melissa Kates em comunicado.

O ator foi acusado na semana passada de conduta desordeira e assédio após interromper uma apresentação de "Cabaret" dentro do Studio 54, em Nova York, usar linguagem obscena e resistir quando foi convidado a se retirar.

"Ele entende que essas ações recentes são sintoma de um problema de saúde maior e deu o primeiro de muitos passos necessários para a recuperação", disse Kates.

LaBeouf não fez acordo em relação às acusações do caso de Nova York, que são todas contravenções ou infrações. Por isso, se condenado, a ex-estrela infantil da Disney deverá receber uma pena mínima de prisão ou mesmo outro tipo de sentença.

A promissora carreira de LaBeouf tem sido abalada recentemente pelo comportamento bizarro que incluiu ir a uma pré-estreia no Festival Internacional de Cinema de Berlim usando um saco de pão na cabeça com a frase: "Eu não sou mais famoso".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.