Cantora encara um dia como aeromoça em ação promocional


Representante brasileira na música oficial da Copa do Mundo de 2014, Claudia Leitte participou do lançamento de um avião personalizado para os jogos nessa quarta-feira (4), em São Paulo, e não disfarçou sua irritação quando o assunto foi a repercussão negativa depois de ter sido ignorada pelo apresentador do Billboard Music, em maio deste ano. "Sinto só coisas boas. Imagine, são 50 milhões de views no vídeo da Copa do Mundo, 1,5 milhões de pessoas me seguindo no Instagram, 8 milhões no Twitter, então é natural que no meio de tanta aparição e sucesso tenha pessoas que se manifestem contra isso", afirmou.

Claudia Leitte encara um dia como aeromoça ao lado de Cafu
Divulgação
Claudia Leitte encara um dia como aeromoça ao lado de Cafu

Mostrando que já superou o incidente, Claudia Leitte ainda continuou seu discurso progressista com um largo sorriso no rosto. "O mais importante da vida é ser feliz e focar no positivo, tornar isso (crítica) positivo de alguma forma. Quando é negativo e a gente acaba cometendo qualquer deslize, a gente tem de eliminar e pronto", completou.

Claudia fará o show de abertura da Copa no dia 12 de junho, na partida entre Brasil e Croácia, na Arena Corinthians. Ela cantará a canção "We are one", gravada ao lado do rapper Pitbull e de Jennifer Lopez .

No evento dessa quarta-feira, a cantora que encarou um dia de tripulante em voo de um patrocinador, disse que a ficha ainda não caiu sobre fazer parte da história da Copa. "Só penso nisso quando alguém me faz uma pergunta que eu sou obrigada a refletir sobre a situação. Não quero que isso se torne uma ansiedade, daquelas que me deixam fora de controle. Gosto de ter o controle da situação. É bom sentir a emoção, aquela tensão antes de subir no palco. E quero que seja assim", disse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.