Atores comentaram o pedido de abrir mão da televisão durante 40 dias feito pelo dono da Record


Edir Macedo, pastor líder da Igreja Universal do Reino de Deus e dono da Rede Record, lançou no último domingo (25) o Jejum de Jesus, um decreto no qual pede aos fiéis que abram mão da diversão, da informação e parem de assistir à televisão durante 40 dias a partir de 10 de junho, apenas oito dias depois da estreia de "Vitória", principal produto de dramaturgia da emissora. Apesar de um dos focos ser tirar a audiência da Globo durante a transmissão dos jogos da Copa do Mundo, a Record e o elenco da trama também serão prejudicados se os fiéis seguirem à risca o pedido do pastor.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias dos famosos

Juliana Silveira e Beth Goulart
Manuela Scarpa/Foto Rio News
Juliana Silveira e Beth Goulart

Lucinha Lins, atriz da emissora e no ar em "Vitória", disse que não vai aderir ao jejum. "É um direito dele, é uma opinião dele, jejum pode fazer muito bem, seja ele do que for, mas no meu caso, quero assistir a toda a Copa, torcer na frente da televisão", disse ela. "Espero que o Brasil se acalme durante este período, mesmo não merecendo essa calmaria, porque o nosso país, a nossa política é uma vergonha", opinou.

Christianne Fridman , autora de “Vitória”, antecipa que pode acontecer uma queda na audiência, mas que isso poderia acontecer por outros fatores. “Não sou evangélica, não acredito que todos os telespectadores sejam evangélicos, pode uma parcela não assistir, mas...! Posso perder uns pontinhos (de audiência), mas quando acabar o jejum e o pessoal voltar a 'comer', recupero”, brincou. “Isso é igual a Copa do Mundo, igual ao tempo, que pode chover e as pessoas não chegarem em casa. Uma novela quando ela está no ar conta sempre com elementos fora dela, que podem ou não atrapalhar, então a questão do bispo Edir Macedo foi só mais uma questão, poderia ser uma frente fria, uma enchente, a Copa do Mundo... São coisas que acontecem, a gente vai contornando e levando adiante”.

Juliana Silveira , que também está no ar em “Vitória”, usou o bom humor para responder a perguntas dos jornalistas. “Acho que ele deve ter esquecido a novela, não sei o que passou na cabeça dele”, disse rindo. Bruno Ferrari , protagonista da história, também preferiu não se comprometer com o patrão. “A emissora é dele”, disse com um sorriso no rosto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.