Composição feita por Zeca Pagodinho faria analogia à violência contra a mulher


"Faixa Amarela", um dos sambas mais famosos de Zeca Pagodinho,  teve a letra modificada no disco tributo "Sambabook - Zeca Pagodinho". No projeto, a música é interpretada por Martinho da Vila  que, politicamente correto, trocou uma palavra para tirar a conotação violenta de um verso inteiro.

Na versão original, Zeca canta: "Mas se ela vacilar, vou dar um castigo nela/ Vou lhe dar uma banda de frente/ Quebrar cinco dentes e quatro costelas (...)".

Martinho modificou uma única palavra, mas mudou o sentido do trecho: "Mas se ela vacilar, vou dar um castigo nela/ Sem lhe dar uma banda de frente/ Quebrar cinco dentes e quatro costelas (...)".

Segundo a assessoria de imprensa de Martinho, ele não tinha reparado que o trecho continha esse detalhe. Em seu escritório ao analisar a letra antes de gravar foi quando se surpreendeu e relatou à esposa que não poderia gravar a música daquele jeito.

Assim surgiu a ideia de trocar o " vou " pelo " sem ". A pequena alteração faz uma enorme diferença. E após a mudança, Martinho tem sido constantemente parabenizado pelos fãs. 

Martinho da Vila consultou Zeca Pagodinho antes de mudar o sentido, avisou que teria de mexer na composição. A ideia foi bem aceita pelo homenageado, que entendeu a situação.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.