“Não sei o que fazer. Devo no banco, devo prestação do meu carro, devo pensão...”, lamenta ex-baterista Ricardo Costa, após ameaça de despejo

Ricardo Costa, ex-polegar, pede dinheiro aos amigos pela internet
Reprodução
Ricardo Costa, ex-polegar, pede dinheiro aos amigos pela internet


Depois de Serginho Hondjakoff, o Cabeção de “Malhação”, pedir emprego pela internet, foi a vez do ex-polegar Ricardo Costa usar da mesma ferramenta para tentar resolver um problema financeiro.

Ricardo Costa na época em que ainda era baterista do grupo Polegar
Reprodução
Ricardo Costa na época em que ainda era baterista do grupo Polegar

O bateirista, que atualmente é chef de cozinha, usou sua página pessoal no Facebook para pedir dinheiro aos amigos, na tentativa de arrecadar verba para pagar suas dívidas. “Meus amigos. Não tenho vergonha de me expor e pedir ajuda para quem puder me ajudar. Deixei minha cidade em Mogi das Cruzes (SP) para morar com uma companheira na cidade dela, em Taubaté (SP). Mas fui ingênuo em acreditar num amor que não aconteceu por eu estar passando uma situação financeira muito difícil e não ter dinheiro para pagar o aluguel onde moro aqui na cidade. Fui abandonado como um lixo, não tenho dinheiro nem pra colocar gasolina e pegar estrada ou fazer minha mudança”, escreveu Ricardo.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias nos famosos

O ex-baterista afirmou ainda que, para piorar sua situação atual, o proprietário da casa onde mora disse que, se não receber o pagamento do aluguel até sexta-feira (25), vai despejá-lo.

Fora o aluguel, Ricardo tem outras dívidas. “Não sei o que fazer. Devo no banco, devo prestação do meu carro, devo pensão e não sei como reabrir meu restaurante novamente. Estou muito mal e triste, morando sozinho numa cidade que não conheço ninguém. Se alguém acreditar em mim e puder me emprestar ou ser meu sócio no restaurante, me ligue”, pediu Ricardo.

Para arrecadar o dinheiro, o ex-bateirista disponibilizou a conta bancária de uma amiga para quem quiser fazer alguma doação ou empréstimo. “Não tenho como fazer o depósito na minha conta, que está muito negativa”, explicou.

Horas depois do pedido, Ricardo publicou o demonstrativo de um depósito feito na conta no valor de R$50,00.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.