Em coletiva da novela “Geração Brasil”, a atriz falou sobre a mudança no visual, o início das gravações e se esquivou das perguntas sobre o namorado


Isabelle Drummond
Felipe Panfili e Alex Palarea/AgNews
Isabelle Drummond

Nesta terça-feira (15), Isabelle Drummond se reuniu com o elenco de “Geração Brasil”, nova novela das 19h da Globo, que substituirá "Além do Horizonte". Na trama, a atriz vai contracenar com Ricardo Tozzi , Claudia Abreu , Taís Araújo , entre outras estrelas.

Isabelle será Megan, uma jovem sem limites, que vive entre baladas, escândalos e aparições nas mídias.

Leia também: "Geração Brasil" repete fórmula de "Cheias de Charme" e aposta na interatividade

As primeiras gravações com a atriz aconteceram em San Francisco e Isabelle contou como foi esse início de trabalho de filmagens no exterior. Além disso, falou sobre a mudança no visual. Na trama, Isabelle vai aparecer com os fios bem longos e platinados.

Questionada se o namorado, o cantor Tiago Iorc, aprovou a mudança o visual, Isabelle deu uma risadinha, sem graça, e despistou. “Que tipo de pergunta é essa? As pessoas próximas a mim gostaram, sim". E foi difícil ficar longe dele na Califórnia, Isabelle? "Gente, vamos tentar pular essa parte e falar só do trabalho?", finalizou a atriz.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias nos famosos

Gravações em San Francisco
"Foi muito bom ver o lugar onde se passa a história de vida desses personagens, ver um pouco da cultura deles. Foi bom para gente conhecer mesmo o tipo de vida americano. E aí eu pesquisei um pouco também sobre essa galera de Los Angeles e Hollywood, que vive em um círculo vicioso de mídia, de escândalo, de balada. A Megan é um representante disso, desses jovens".

Sotaque americano
"Na verdade, eu não faço muito sotaque porque a Megan tem a família toda brasileira, então ela tem contato com inglês e português. A gente estudou vários tipos de pessoas: que moravam fora, brasileiros que foram pra lá, que foram criados lá, enfim... A gente encontrou esse meio termo. A personagem da Cacau (Claudia Abreu) tem um pouco mais pela personalidade dela. E a Megan não, e é mais jovem e etc. A gente fala as palavras em inglês o mais próximo possível, mas o português é português mesmo".

A Megan é muito diferente de você?
"Completamente. Ela poderia se definir como rebelde e tal, mas ela tem uma criação muito louca. Ela tem pais que vivem nesse universo midiático, então ela não tem limite nenhum. Eu acho que ela acaba sendo lançada nesse universo e não sabe sair disso. Mas ela também é dócil... A própria caracterização dela tem uma mistura de personalidades. Tem um pouco da menina meiga e patricinha com a renda, e uma coisa bem rasgada, um pouco rock and roll. E eu acho que quando ela vem para o Brasil, ela começa a se transformar um pouquinho".

Figurino
"Peguei um pouco do preto por causa do cabelo loiro. E na viagem a gente viu muita coisa com franja e legging. A Megan usa muitas meias-calças, e são incríveis. De vez eu quando eu estou usando uma ou outra. Mas o estilo dela é bem diferente do meu. Eu sou mais para o clássico. A maquiagem dela é bem forte, principalmente o olho, porque ela quer ser rebelde, ela quer causar, então usa o preto para chegar na festa e dar uma de 'sou louca'. É mais uma coisa de fora do que de dentro dela."

Um pouco mais de Megan
"A gente não vai poder mostrar, mas ela seria uma menina que bebe, que se droga, porque ela não faz nada... Ela vive só se divertindo e quer sempre mais. Ela nunca está satisfeita e quer todo tipo de diversão possível. Ela já teria sido presa algumas vezes, talvez por dirigir bebendo... O pai vai lá e paga pra ela sair. A gente fala algumas vezes sobre isso. Ela é protegida, porém ela sente falta de alguma coisa. De limite, de educação, de presença de pais juntinhos. O pai dela é muito ausente porque trabalha muito. Logo no primeiro capítulo eles estão em um evento e ela quer sair das fotos. Ela se arruma, gosta e tal, mas ela não está nem aí para a reportagem".

Rebeldia
"Nesse aspecto, eu sou diferente dela porque eu não tenho essa rebeldia. E acho que isso não é uma coisa de ela ser assim. Ela está inserida nesse universo. Talvez se eu tivesse a vida da Megan, se tivesse sido criada nesse lugar e tivesse esse estilo de vida, talvez eu pudesse ser rebelde. Quando eu entro nela, me da vontade de fazer isso também, porque é a vida dela."

Pares românticos
"Ela começa namorando o personagem do Fiuk e depois se interessa pelo personagem do Humberto (Carrão). E dai vamos fazer um triângulo amoroso eu, ele é Chandelly (Bráz)”.

Caracterização
"Meu cabelo está curto. A gente primeiro mudou a cor e foi bem chocante, porque é um loiro bem loiro. Quando coloquei o megahair, então, eu fiquei bem chocada, mas foi muito bom porque foi a primeira vez que eu consegui me ver na personagem. A caracterização é tudo. O figurino foi muito importante porque eu ainda estava na dúvida sobre a personalidade dela. Quando eu vesti a roupa, eu fiquei completa. É fundamental".

Loira sexy
"Dá uma sensualidade bonita, é chique. Eu gostei".

Cuidados com os fios
"Tenho um cabeleireiro que trabalha com o Fernando Torquatto que acompanha a gente diariamente, e ele faz hidratação (duas vezes por semana), retoca raiz (de mês em mês)... E tem que cuidar mesmo. Mudar o shampoo, mudar tudo. Uma coisa boa para hidratar o cabelo sem usar artifício é água de coco. Às vezes eu faço isso”.

Prefere o cabelo loiro ou moreno?
"Eu gostaria de, no fim do ano, quando acabar, deixar um pouco mais escuro. Esse é muito característico dela e talvez não combine com meu estilo".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.