Luiz Nascimento e os apresentadores Renata Vasconcellos e Tadeu Schmidt falar sobre as novidades da atração

Um estúdio de 500m², que conta com 46 postos de trabalho; uma grua com alcance de dez metros, um telão de 25m² com tecnologia interativa e outro, touch screen, que deixa no telespectador a sensação de que os correspondentes estão dentro do estúdio, um palco móvel e uma sala de estar para entrevistas. Esses são alguns números e novidades para mais uma temporada do “Fantástico”, que vai ao ar a partir de 27 de abril.

Nesta segunda-feira (14), Renata Vasconcellos , Tadeu Schmidt e o diretor do programa, Luiz Nascimento , diretor do “Fantástico”, se reuniram com a imprensa para falar sobre o novo programa, que traz muito mais novidade em tecnologia do que em conteúdo.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias nos famosos

Assim como já acontece com o “Jornal Nacional”, toda a redação do “Fantástico” se torna cenário. Mas os apresentadores vão poder circular por todo o espaço, usando a sala de estar e o café, além do palco móvel, que terá entrevistados e números musicais.

Uma das maiores novidades do cenário é o telão interativo. Nele, os apresentadores não precisam nem tocar na tela para que o conteúdo se movimente. Basta aproximar as mãos.

Durante a apresentação, Renata Vasconcellos mostrou que a nova tecnologia pode trazer imprevistos ao vivo. Ao movimentar uma imagem para cima, ela subiu demais e a apresentadora precisou ficar na ponta dos pés para trazê-la ao espaço correto. “Estamos treinando como mexer nessas novas tecnologias . E isso também é que é o barato do ao vivo. A gente está aprendendo como usar ainda. Se o vídeo subir um pouco para cima, a gente puxa para baixo de novo. É um movimento natural. E se há tecnologia disponível, por que não usar?”, questionou a apresentadora, dando espaço para Tadeu. “O próprio formato do programa permite esse tipo de interação. Você já assistiu ao filme ‘Minority Report’? Então aguarde”, apontou o apresentador, mostrando que o programa terá uma tecnologia avançada.

Novos quadros

Além do aumento da tecnologia, haverá um crescimento também na interação do público com a atração. “Essa é uma preocupação permanente do programa. O ‘Detetive’ nasceu assim, e o Dráuzio Varella é outro que recebe muito retorno”, contou o diretor Luiz Nascimento, que aproveitou para adiantar um dos novos quadros da atração. “Ele (Dráuzio) vai lançar um quadro sobre o câncer de mama. É um cara que já está há uns 15 anos no ‘Fantástico’ e agora vai tratar da especialidade dele mesmo. Então essa preocupação é inerente à própria essência do programa. Isso é mais um passo nesse processo de renovação tecnológica”, contou.

Outro quadro será um de improviso, com Pedro Cardoso. “Vai ter uma plateia, que joga um tema, e ele encena ali um improviso”, contou o diretor, que ainda dividiu o programa e suas novidades em três vertentes: reportagens investigativas, quadro estilo reality e a dramaturgia.

Audiência

Luiz falou ainda sobre os números da audiência. Questionado se todas essas mudanças foram em busca de uma melhora, o diretor mostrou que está sempre em busca disso, mesmo com a liderança da atração aos domingos. “O ‘Fantástico’ há 40 anos lidera a audiência do domingo. Se a gente quer mais? Sim. Queremos o maior público possível. Mas nosso princípio básico sempre é a relevância dos assuntos exibidos. Temos exemplos de matérias que mudaram lei, que salvaram vidas. Claro que a audiência trabalha sempre para melhorar. Mas a gente continua liderando o domingo, que é o dia mais acirrado. A audiência é, sim, uma preocupação, mas estamos seguindo bem”, declarou Luiz.

Notícias por aí

Durante a coletiva, a equipe citou duas notícias divulgadas antes do anúncio oficial. A primeira, era uma que mostrava o vazamento do piloto do novo “Fantástico”, ao que Luiz mostrou grande preocupação.

“É um fato deplorável. Vamos tomar medidas legais contra os responsáveis por isso. Não sabemos quem é, mas estamos investigando, para tomar as consequências legais. No mais, todo mundo está se divertindo muito nesse ambiente”, declarou o diretor.

Já sobre a entrada de Evaristo Costa no dominical, Tadeu explicou o que realmente vai acontecer. “Ele só fará o programa nas minhas férias. Normalmente tiro férias em janeiro. Como faço esporte e jornalismo e em janeiro não tem esporte, fica mais fácil encontrar alguém que trate só do jornalismo. E aí foi o Evaristo”, contou o apresentador.

Renata Vasconcellos

À frente do “Fantástico” há seis meses, Renata Vasconcellos falou sobre a mudança na rotina, desde que deixou a bancada do “Bom dia Brasil”. “O fato de não acordar mais às 4H30 da manhã... ah, tem muita coisa, minha rotina mudou muito. Fora que a concepção do programa é outra. Aqui temos uma semana para pensar nas pautas. Outra coisa que é um privilégio, é fazer as entrevistas externas, porque aí consigo encontrar pessoas que são notícia e que tem alguma relevância no momento”, contou ela.

Outra mudança que pesou na nova rotina de Renata Vasconcellos foi a seleção do figurino. “Não é como jornalismo diário, que basta você colocar um terninho ou um blazer. Aqui precisa ser tudo mais elaborado, porque é um programa de domingo à noite, tem a relevância do ‘Fantástico’ e tudo mais. Acho que sou mais clássica. A gente até costuma brincar um pouco com a moda, mas com serenidade”, afirmou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.