Atriz vence categoria Revelação Feminina e fala sobre os próximos projetos na TV


Anderson Di Rizzi parabeniza Tatá Werneck após premiação
Nina Ramos
Anderson Di Rizzi parabeniza Tatá Werneck após premiação

Tatá Werneck foi às lágrimas ao vencer o prêmio de Revelação Feminina no prêmio Melhores do Ano do Faustão. A atriz, que concorreu com Maria Casadevall e Juliana Paiva não conseguiu segurar a emoção, mas, ainda assim, não perdeu a piada. “Fiz cílios postiços, não posso chorar que cai”, brincou Tatá, que ainda falou sobre o sucesso que conquistou com a novela “Amor à Vida”. “As pessoas acham que foi rápido, mas foi bem demorado. Todo mundo que trabalha em nossa profissão pensa em desistir todos os dias. Prêmio como esses valem toda uma vida, por isso que a gente continua”, desabafou Tatá.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias nos famosos

Nos bastidores, após a premiação, Tatá explicou o porquê apareceu mais maginha na premiação, com seis quilos a menos. “Eu comia muito mesmo nas gravações. Então agora eu emagreci para voltar para o mercado. Fiz Detox, tomei vergonha na cara e rezei três Pai Nosso".

A atriz também falou sobre os próximos projetos para as telinhas. “Eu vou fazer um programa com o Porchat no Multishow chamado 'Tudo Pela Audiência', vou cobrir a Copa do Mundo pelo 'Caldeirão do Huck', e no segundo semestre vamos ver qual será a novidade que vem pela frente".

Questionada sobre o quanto entende de futebol para ser comentarista no Caldeirão, Tatá foi direta: “Não entendo nada, mas amo. Não sei nem o que é impedimento. Confundo com impeachment. Mas acho que essa também é a graça", se divertiu.

Ovacionada antes mesmo de entrar no palco pela plateia do Faustão, Tatá contou que tinha inseguranças sobre a Globo antes de ingressar na emissora. “Eu tinha medo de coisas pequenas. Eu achava que meu nariz não condiz muito com a Globo. Brincadeira. Eu tinha medo, insegurança, mas tinha muita vontade", contou.

A atriz, que está morando na casa dos pais enquanto a dela está é obras, revelou uma surpresa que a mãe fez antes dela sair para o programa. “Foi uma parada fofa. Ela disse que passou um filme na cabeça dela. Há quatro anos, imagina, eu estava na batalha, sem perspectiva nenhuma. Não tinha dinheiro para pagar nem empréstimo. Eu sou muito grata mesmo (se emocionou). Isso fortalece a minha fé, porque eu lutei pra cacete para estar aqui", contou.

Ainda nos bastidores, Tatá recebeu o carinho do colega de elenco Anderson Di Rizzi , também premiado, que fez questão de parabenizar a intérprete de Valdirene.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.