Em premiação do Melhores do Ano, ator falou sobre a polêmica que surgiu após participação no programa de Marília Gabriela



Caio Castro
AgNews
Caio Castro

Caio Castro foi indicado pela terceira vez no Melhores do Ano do Faustão. “Espero que eu ganhe nessa", brincou o ator ainda na sala das estrelas, antes de subir ao palco e saber que o resultado premiaria o ator Thiago Fragoso . Ainda assim, o ator foi só elogios à novela “Amor à Vida”. “Foi um trabalho que fui descansado, com vontade de fazer, e foi feito com muito amor. O reconhecimento já é muito bom", destacou.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias nos famosos

A novela não foi o único assunto dos bastidores. O ator falou também sobre a polêmica que surgiu após participar do programa de Marília Gabriela , onde comentou que não gosta muito de ler nem de ir ao teatro. "Acho que ter opinião é um direito de cada um. Eu ouvi bastante coisa, que não gostaram, mas ouvi muita gente que concordou. Acho que o respeito é algo que todo mundo tem que ter pelo próximo. É o mínimo", afirmou ele, que disse ainda que foi mal interpretado.

“Eu só não esperava ouvir coisas de pessoas de mais idade, que são mais maduras, educadas, mas respeito a opinião alheia. O lance é que 70% das pessoas não assistiu ao que foi, e não foi isso que aconteceu. A interpretação do texto faz parte do negócio. Eu só disse que não gosto muito. Vou ao teatro sim porque me sinto na obrigação de saber mais sobre meu ofício. Leio livros que tratam da formação de atores. Mas não sou obrigado a gostar".

Caio mostrou que não se arrependeu dos comentários e defendeu a verdade, acima de tudo. “Ser honesto é meu compromisso com o público. Não vou vestir uma máscara. Minha identidade é essa. Essa é minha opinião".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.