Modelo que está na capa da revista "Sexy" de carnaval se diz ativista e critica preconceito com mulheres bonitas

A modelo  Katherine Fontenele , 23 anos, soltou o verbo em entrevista à revista "Sexy" que chega às bancas na terça-feira (25). Segundo ela, que se diz ativista e defensora dos direitos humanos, existe preconceito contra mulheres bonitas que participam de manifestações.

"Sempre que precisa vou para as ruas em busca de soluções para os problemas sociais. O fato de eu ser bonita descredibiliza um pouco, as pessoas acham que para lutar pelos direitos humanos é preciso estar acima do peso e não ter um dos dentes", afirma.

Katherine, que fez um ensaio nu especial de carnaval, também fala sobre a folia. Ela diz adorar blocos de rua. "Adoro desfilar, mas nos blocos. Em São Paulo curto muito os que saem da Vila Madalena, rola um clima de paquera, tem muita gente bonita. Em Salvador fico louca e muito excitada com aquela energia, dá vontade de fazer tudo que vem na cabeça e o desejo é que o carnaval nunca acabe."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.