Mulher do apresentador exibe corpo sarado em ensaio especial produzido pelo iG no barracão e na quadra da Gaviões da Fiel


Fabi Frota, musa da escola de samba Gaviões da Fiel
André Giorgi
Fabi Frota, musa da escola de samba Gaviões da Fiel

São três da tarde de uma sexta-feira e a quadra da Gaviões da Fiel está quase vazia: quatro músicos da escola de samba almoçam PF (prato feito) de carne com arroz e feijão e comemoram que a semana está chegando ao fim. Os portões estão abertos e alguns visitantes têm acesso liberado para comprar canecas, camisas e outros produtos na lojinha de souvenir. Faz um calor de 30ºC, mas parece muito mais sob as telhas e os enfeites no teto, que levam o rosto de Ronaldo Nazário , tema do samba enredo deste ano. 

É nesse cenário que Fabi Frota chega para posar para ensaio especial de carnaval produzido pelo iG. De cabelos soltos e usando sapatilhas, a morena de 1,65m de altura é imediatamente notada - a roupa justa gera comentários elogiosos sobre sua boa forma. "Sei que chamo atenção, sou musculosa, trabalhada, mas acho que o bumbum tem que melhorar, estou treinando para isso crescer até o dia do desfile, vocês vão ver", alerta, dando um tapinha de leve no derrière.

VEJA MAIS NOTÍCIAS SOBRE CARNAVAL NO ESPECIAL DO IG

É óbvio que logo se aproximam alguns curisosos, vendedores gentilmente oferecem suco de laranja, água, um homem pede para tirar uma foto e um burburinho começa a se fazer ouvir aqui e ali. Muitos comentam: "É a mulher do Alexandre Frota". E Fabi ri. "Alexandre tem ciúme zero quando sabe que estou trabalhando, não tem ciúme de expor meu corpo. Uma vez ele estava dirigindo uma sessão de fotos comigo e falou para um modelo: 'pode pegar, põe a mão no peito, olha olho no olho'. O rapaz tremia de medo", conta, aos risos, Fabiana Rodrigues Gonçalves , nome que constava nos documentos antes de conhecer Frota. Os dois se casaram em outubro de 2011 e Enzo Gabriel, de 5 anos, filho de outro relacionamento de Fabiana, foi morar com o casal. 

Fabiana Rodrigues Gonçalves em 2010 no concurso de carnaval do 'Caldeirão do Huck'
Reprodução
Fabiana Rodrigues Gonçalves em 2010 no concurso de carnaval do 'Caldeirão do Huck'

Na TV e no BBB

"Na vida de casal, sou mais ciumenta, sou taurina. Mas ele disse que não me deixaria entrar no 'Big Brother Brasil' por causa de ciúme. Alexandre é muito inteligente, experiente, sabe o que faz e confio muito nele".

Antes da estreia da 14ª edição do reality show da TV Globo, uma lista com possíveis participantes vazou na internet e o nome de Fabi apareceu. "Frota falou várias vezes que não iria participar. Não iria, nem me inscrevi", diz, colocando ponto final na polêmica com Boninho , diretor do programa.

Ainda com o sobrenome de solteira, a paulistana de 33 anos representou a escola Unidos de Vila Maria no concurso Musas da Liga no programa "Caldeirão do Huck", em 2010, quando ganhou notoriedade no meio do samba. "Desfilo há uns dez anos, o samba está no meu corpo e o carnaval é um momento mágico em que tudo é possível, permitido. Vale tudo no carnaval, você tem que se entregar de corpo e alma, rebolar até o chão, brincar com os jurados. A avenida é o lugar onde fico feliz".

Para manter o corpo sarado - ela garante que só tem prótese de silicone nos seios: "eram maiores, diminuí de 550ml para 460ml" -, Fabi tenta seguir sua rotina com muita disciplina. "Só como bobagens com meu filho aos sábados e domingos, é o dia do lixo, como falamos. Treino na academia três vezes por semana e tomo vitamina C e E para reduzir o gasto calórico nos ensaios porque perco peso, bumbum e isso não é bom", explica, queixando-se da defnição muscular do abdômen. "O meu problema é com abdominal, não faço, não gosto, aí fica assim". 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.