Funkeira tremeu o popozão, cantou maiores sucessos em superprodução e viu conto de fadas virar realidade


Anitta grava DVD no Rio de Janeiro
GRAÇA PAES E THYAGO ANDRADE/PHOTO RIO NEWS
Anitta grava DVD no Rio de Janeiro

O conto de fadas de Anitta , finalmente, se tornou realidade. Se nessa mesma época em 2013 a cantora não passava de uma febre de verão ou promessa de grande sucesso, este ano Larissa de Macedo Machado , como consta na sua identidade, é dona de uma conta bancária de respeito, tem músicas nas paradas das rádios e, em breve, terá em mãos um DVD para chamar de seu.

Foi na HSBC Arena, na Barra da Tijuca, que Anitta gravou na noite de sábado (15) o primeiro DVD da sua carreira. 10 mil pessoas (ou seja, todo número de ingressos disponíveis para compra) testemunharam a coroação da cantora no show que brincou, o tempo todo, com o lado infantil e o lado sensual de Anitta. O cenário era repleto de elementos lúdicos e clichês de divas do pop, como elevador, escada, fumaça, papel picado e esteira. Alguns personagens ajudaram a construir a floresta encantada da funkeira (que, aliás, tremeu bem o popozão).

Na plateia, um número enorme de crianças acompanhadas pelas mães - que também sabiam verso por verso das canções. No palco, um contingente significativo de dançarinos preencheu as batidas do pancadão pop de Anitta. Quem também dançou bem foram as luzes do espetáculo. Aliás, o diretor Raoni Carneiro orquestrou o time direitinho e entregou um show redondo.

Sem repetições

As repetições de músicas, tão comuns em gravações de DVD, não ocorreram (apenas dois bis no final). Anitta queria sentir seus fãs, queria um show em sequência, sem pausa, sem sorriso fake ou amarelo. Por isso, tirou o dia anterior para gravar o projeto todinho em detalhes: carão, coreografia, e etc. Para o sábado, ficou só a parte boa: a gritaria da galera. E bastou Anitta pisar no palco, às 22h22, para levar o público à loucura.

“Gente, eu estou maluca hoje! Vocês são demais. Eu estava vindo para cá e comecei a ler no caminho várias placas de trânsito com ‘Anitta para lá’, ‘Anitta para não sei onde’. Eu me senti demais. Me senti a própria Anitta quando vi”, brincou, depois de abrir com “Não Para” e “Menina Má”. A cantora trocou de roupa quatro vezes e teve apenas uma participação especial no palco, com o rapper Projota nas músicas “Cobertor” (inédita) e “Mulher”.

Quatro meias-calças

Nos intervalos dos blocos, quando falava com a plateia, o já conhecido bom humor de Anitta animou. “Gente, eu estou me sentindo hoje, porque estou com quatro meias-calças tão maravilhosas que não aparece uma celulite na câmera. Não tem um buraco! Estou me sentindo gostosa. E vocês pensaram que eu não ia rebolar minha bunda hoje, né?”, disse, antes de dar início ao baile funk no palco. E teve quadradinho de quatro, treme-treme, chão chão chão, rebolada 360º… Tudo para ninguém colocar defeito.

Depois de 1h20 de show, o momento que todos mais aguardavam: “Show das Poderosas” encerrou com chá de ouro (e papel picado) o sonho da menina Larissa. “Eu nunca vou me esquecer desse dia. Vocês são demais. Eu amo vocês, obrigada”, bradou no encerramento.




    Leia tudo sobre: Anitta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.