Valesca Popozuda sobre fantasia sexual: “Realizei em ônibus e na praia”

Por iG Gente |

Texto

Em entrevista para a revista Sexy, a funkeira ainda revela que gostaria de fazer sexo no avião

Reprodução
Valesca Popozuda na revista Sexy




Valesca Popozuda é estrela da seção “Filosofia de Boteco”, da revista Sexy de fevereiro. Lá, a funkeira conta que já fez muitas loucuras por ciúme em seus relacionamentos. “Sou ciumenta, mas já fui mais. Hoje não tenho ninguém, mas já joguei a roupa pela janela, já rasguei e queimei tudo. Agora vejo que isso não vale a pena”, contou Valesca.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba notícias dos famosos

Divulgação
Valesca Popozuda

A funkeira não teve problema algum em revelar que já traiu, mas contou que foi para descontar a traição que sofreu durante a gestação de Pablo, hoje com 14 anos. “Fui traída e traí. Fui traída grávida. Tive uma gravidez tensa. De tanto que fui traída, também traí. Na me arrependo. Chifre trocado não dói”.

Fantasias sexuais também foram tema da entrevista. Valesca contou as que já realizou e as que ainda pretende realizar. “Já realizei em ônibus, de São Paulo para o Rio, na Via Dutra...Na praia também. Gostaria mesmo é de fazer no avião. Sexo é vale-tudo. Se os dois estão a fim, não pode ter meio-termo”.

Quando questionada sobre sexo a três, Valesca contou que nunca fez, mas não está fora de cogitação. “Não rolou ainda. Mas vou te falar...Dependendo da pessoa, no local, tanto homem quanto mulher, por que não?”.

A cantora, que trabalhou como chapeira do McDonald´s, numa borracharia e como frentista antes de ingressas no grupo Gaiola das Popozudas, mostrou que ainda se recorda muito bem do que aprender nos antigos trabalhos. “Ainda hoje troco óleo como ninguém”, se diverte Valesca.

Leia tudo sobre: Valesca PopozudaSexy
Texto

notícias relacionadas