O ator já deu vida ao homossexual Rodrigo em "Paraíso Tropical"

Carlos Casagrande marcou presença na homenagem aos 25 anos da morte de  Raul Seixas , que aconteceu na noite dessa segunda-feira (3), em São Paulo. Promovida por duas marcas que desenvolvem tecnologia, o ator confessou que adora estar ativo na internet e nas redes sociais.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba notícias dos famosos

"Eu e meus filhos. Eles sabem mais do que eu até", disse ele, rindo. "Eles são totalmente tecnológicos. O Luca com dois anos já mexia no mouse, logo aprendeu tudo. Na minha época, eu jogava bolinha de gude, andava a cavalo. Hoje, bolinha de gude é no Ipad. Mas adoro redes sociais".

Apesar de gostar, Carlos sabe dos perigos de ter a privacidade invadida através do computador. "Já vi amigos em situações de constrangimento por causa disso. Têm pessoas que usam a tecnologia para isso mesmo. Uma vez um amigo do meu irmão mandou uma foto para ele num aplicativo de bate-apo e conseguiu abrir a câmera dele. Claro, ele fez isso na brincadeira. Sempre tomo cuidado, não entro em sites em que o computador avisa que pode ter vírus".

Carlos Casagrande com um sósia de Raul Seixas
Marcos Ribas/Photo Rio News
Carlos Casagrande com um sósia de Raul Seixas

O ator, que deu vida ao personagem homossexual Rodrigo, em "Paraíso Tropical", comentou sobre o beijo gay mais falado da televisão brasileira entre Félix ( Mateus Solano ) e Niko ( Thiago Fragoso ) em " Amor à Vida ". Na trama de 2007, o personagem de Carlos era casado com Tiago ( Sérgio Abreu ).

"Cada um tem a sua visão. Existem críticas contra o autor e, ao mesmo tempo, muitos elogios. Tem defesas de todos os lados. Meu ponto de vista é liberdade. A pessoa tem liberdade de fazer o que quiser. Quem quiser assistir assiste, se não quiser, não assiste. Foi colocado no ar e isso é muito válido".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.