Em ensaio exclusivo para o iG, o modelo e DJ conta que ganhou muito com experiência de participar do reality da Record, mas não faria novamente, e revela o desejo de ser pai

Mateus Verdelho olha para trás e faz um balanço do ano que passou: “Aconteceu muita coisa em 2013. Me separei e minha vida deu uma reviravolta total. Entrei em ‘A Fazenda’ com o intuito de desvincular o meu nome ao da minha ex-mulher ( Dani Bolina ) e isso foi ótimo para mim. Depois teve o namoro (com Bárbara Evans ), que não deu certo, e ganhei visibilidade”, enumera.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba notícias dos famosos

Não falei mais com ela (Bárbara Evans) depois que a gente se separou, mas não é porque não quero falar nunca mais com uma pessoa que me relacionei. É preciso continuar de algum jeito"

O modelo e DJ paulista, que ficou conhecido do grande público por causa do confinamento rural da Record, onde exibiu suas tatuagens (“Da última vez que contei tinha umas 70”) e expôs seu romance com a filha de Monique Evans , começa 2014 solteiro e sem querer falar da modelo, a vencedora da sexta edição de “A Fazenda”, e nem da tatuagem que ela fez recentemente para “não se meter em novas polêmicas”. “Sou do tipo que procura seguir adiante depois que se separa. Não fico voltando em coisas que já passaram. Não sei o dia de amanhã, não tenho bola de cristal para prever o que vai acontecer, só que acho que você tem que partir para outros caminhos. Não falei mais com ela (Bárbara) depois que a gente se separou, mas não é porque não quero falar nunca mais com uma pessoa que me relacionei. É preciso continuar de algum jeito”, explica.

Não faria de novo ('A Fazenda'). É muito difícil estar lá dentro. Nem consigo explicar a sensação de estar lá. É muito desgastante. Só faria novamente se meus R$ 2 milhões fossem certos"

Mateus conseguiu o que queria com sua participação no reality show: criou sua própria fama e desvinculou seu nome ao da ex-mulher. O passado também foi apagado da pele, o modelo transformou em caveira o enorme rosto de Dani Bolina tatuado em sua coxa direita. E diz que a participação no programa foi ainda mais produtiva. “Me saí bem melhor do que imaginava. Consegui mostrar meu trabalho com a visibilidade que ganhei lá dentro para o público que me acompanha. Agora tem a molecadinha que se espelha no meu jeito de vestir, de cortar o cabelo. Isso tudo foi ótimo”, diz. Apesar da avaliação positiva, ele não repetiria a experiência. “Não faria de novo. É muito difícil estar lá dentro. Nem consigo explicar a sensação de estar lá. É muito desgastante. Até brinco que só faria novamente se meus R$ 2 milhões fossem certos. É bem difícil, muito estressante.”

No entanto, um outro reality show já está no plano 2014 do modelo e DJ, o “Família MV”, veiculado em seu site e que mostra seu dia a dia. “Está tomando bastante meu tempo, estou viajando bastante durante a semana para gravar”, diz ele.

Mateus Verdelho se assume muito romântico: 'Até mais do que deveria'
André Giorgi
Mateus Verdelho se assume muito romântico: 'Até mais do que deveria'

Modelo internacional de sucesso, que já estampou as páginas de importantes revistas como “L’Uomo”, “Vogue” e “Dazed and Confused” e estrelou campanhas para Mandi, H&M, Rockstter, Levis e Cavalera, entre outras, Mateus diz que lida com o assédio desde muito cedo. “É uma coisa que sempre teve, desde moleque. Acho que por causa desse meu jeito diferente, de sempre usar roupa da moda. Lógico que agora a proporção é bem maior, mas gosto, acho legal. Às vezes acho tudo meio louco, ainda estou me acostumando com isso", conta ele.

Meu maior sonho no momento é ter um filho. Acho que vou ser um pai solteiro" (risos)

Entre os muitos trabalhos de Mateus, não há nenhum ensaio nu. Para quem sonha em ver todas as 70 tatuagens de Mateus, ele não descarta a possibilidade, mas pede alto pela exposição. "Aceitaria posar nu por muita grana. Por R$ 1 milhão limpo no meu bolso, posaria numa boa", diz, aos risos. Enquanto a proposta milionária não chega, ele segue investindo no seu reality show, avisa que não tem vontade de se arriscar na carreira de ator e conta que seu maior desejo atual é ser pai. "Meu maior sonho no momento é ter um filho. Já encontrei várias mulheres na minha vida, mas não rolou, acho que vou ser um pai solteiro (risos). Não vou ser pai solteiro, mas queria muito ter um filho. Está na hora, só que está complicado", diz o bom moço de 30 anos, que se declara muito romântico, “até mais do que deveria”, e é do tipo que deixa o cachorro para a ex após a separação. “Finalmente agora tenho um cachorro para chamar de meu. É que sou muito bonzinho, aí faço essas coisas.“

Agradecimentos:

King 55

Camargo Alfaiataria

Stylist Thiago Setra



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.