Cantora fala sobre as críticas e movimentos nas redes sociais pela extinção da canção “Então é Natal”

Simone com Serginho Groisman durante gravação do 'Altas Horas'
Zé Paulo Cardeal/TV Globo/Divulgação
Simone com Serginho Groisman durante gravação do 'Altas Horas'




Convidada do “Altas Horas” que vai ao ar neste sábado (21), Simone falou sobre as críticas à canção “Então É Natal”. Quando um dos integrantes da plateia citou o excesso de comentários nas redes sociais pela extinção da canção e falou que muita gente sai de lojas e estabelecimentos de comércio quando o hit está tocando, a cantora defendeu.

"Lamento que se pratique esse ato violento em relação a uma música que o povo brasileiro ama e adora. Acho violento. Só lamento. A gente vive em um país que deveria ser democrático, mas não está sendo. É uma lástima. A gravação é bonita, a letra é bonita. E que a gravadora tome providências cabíveis e necessárias. Não cabe a mim. A mim, cabe cantar", disse ela, que fechou a gravação do programa cantando a famosa e polêmica música na companhia de Luan Santana .

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba notícias dos famosos

Durante a atração, em um momento mais descontraído, a cantora mostrou sua habilidade com a bola e fez algumas embaixadinhas. "Fiz faculdade de Educação Física, estudei com o Pelé, com o Leão, e joguei muita bola com o Zico. Eu adorava futebol. Eu era boa."

Veja as fotos do "Altas Horas":


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.