Cantora gravou DVD em homenagem a seus 20 anos de carreira na Arena Fonte Nova

"Mainha chegou, porra!", bradou Ivete Sangalo , visivelmente emocionada, ao abrir o show de comemoração dos seus 20 anos de carreira, na Arena Fonte Nova, em Salvador, na noite deste sábado (14).

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba notícias dos famosos

Com pouco mais de meia hora de atraso, a musa baiana subiu no palco por um elevador que saiu do chão. O figurino escolhido para abertura - um hotpant rosa, uma minissaia e uma capa - ressaltou toda sua boa forma, resultado de muito treino e de uma alimentação balanceada.

Ivete abriu a apresentação com a nova música de trabalho, "Tempo de Alegria". Na sequência, cantou "Aceleraê", "Festa" e "Sorte Grande".

"Fazer festa é muito bom, mas fazer festa com a família é melhor ainda", comemorou. "Vocês não têm ideia do que são capazes de movimentar em meu coração. Tudo nesta noite e nestes 20 anos eu dedico para vocês", completou a artista, para delírio dos cerca de 40 mil fãs que lotaram o estádio.

Para relembrar momentos de sua carreira, Ivete regravou sucessos da época em que cantava na Banda Eva, como "Manda Ver", "Pra Abalar", "Miragem" e "Adeus, bye, bye", que foi o primeiro hit da cantora, em 1993.

Ivete Sangalo mostrou pernas torneadas na gravação do DVD
Marcello Sá Barretto e Felipe Souto Maior/AgNews
Ivete Sangalo mostrou pernas torneadas na gravação do DVD

Convidados

O primeiro convidado foi Bell Marques . Com ele, cantou a música que compôs em sua homenagem, intitulada "Pra você". "Olha só que convidado chique eu tenho", derreteu-se Ivete, que fez questão de ressaltar que aquela era a primeira apresentação solo de Bell, que recentemente anunciou sua saída da banda Chiclete com Banana. O cantor retribuiu o carinho. "Quero parabenizar essa mulher por esses 20 anos de muita alegria".

Depois, a baiana ainda fez uma performance com o grupo americano Stomp. Vestindo um macacão cinza, Ivete batucou em latas de lixo e coreografou junto com os artistas. Com Alexandre Carlo (Natiruts), Ivete cantou uma versão de "Could You be Loved", de Bob Marley . Olodum, Saulo Fernandes e Alexandre Pires também dividiram o palco com a anfitriã.

Irreverente, Ivete fez graça ao ensaiar com um público uma coerografia que incitava movimentos para cima e para baixo. "Essa coreografia fui eu mesma quem inventou. Eu faço esses movimentos toda noite", divertiu-se. Em outro momento, quando perdeu um dos brincos, soltou: "e uma mulher com uma bunda deste tamanho precisa lá de brinco para chamar atenção".

Emoção

Um dos pontos fortes do show foi quando Ivete relembrou o hit "Eva", no qual foi acompanhada em coro pelos fãs. Emocionada, ela se declarou: "Isso é um sonho lindo! Cada vez que vocês pensam em mim, esse amor vem pra mim e me engrandece como pessoa. Deus me deu um filho e me fez uma mulher gigante e eu também tenho vocês. Queria aproveitar esse momento e dizer muito obrigada", disse.

Depois de encerrar a gravação, Ivete voltou ao palco com um figurino mais despojado - short jeans e uma camiseta com uma foto dela - e atendeu pedidos de músicas feitos pelos fãs. No fim do show, ela convidou amigos e profissionais que trabalham com ela para festejar o sucesso da gravação do seu quinto DVD solo. "Eu amo muito todos vocês", afirmou.

Ivete reuniu 40 mil pessoas em Salvador
Marcello Sá Barretto e Felipe Souto Maior/AgNews
Ivete reuniu 40 mil pessoas em Salvador


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.