Durante evento em Salvador, a atriz fala sobre preconceito, mas evita comentar a polêmica em torno da apresentação do sorteio da Copa do Mundo que envolvia Lázaro Ramos

Durante a inauguração de uma joalheria em Salvador nessa quarta-feira (4), Taís Araújo tentou se esquivar quando questionada sobre a polêmica envolvendo seu marido, o ator Lázaro Ramos , que teria sido vetado pela FIFA como apresentador do sorteio da Copa do Mundo e trocado por Rodrigo Hilbert .

 "Eu acho que isso é um assunto que deveria ser perguntado para o Lázaro e para Camila (Pitanga , que era também cogitada para comandar o sorteio]. Eu não li uma linha do Lázaro sobre isso, então não sou eu que vou dizer. Eu não acho nada. Eu não sei o que aconteceu. Até então é especulação e eu não vou polemizar especulação", disse.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias dos famosos

No entanto, Taís foi taxativa ao comentar a questão do preconceito racial no país. "O racismo ainda é muito forte no Brasil sim. Isso é uma coisa que eu tenho certeza."

Durante o coquetel de inauguração, a atriz, que completou 35 anos no último dia 24, também falou sobre os planos de ter mais um filho - ela é mãe de João Vicente , de 2 anos. "Eu tenho vontade de aumentar a família desde que eu estava grávida do meu primeiro filho. Desde o dia que eu soube, falei: eu quero outro". Mas ela afiirma que por conta da correria do dia a dia os planos precisam ser adiados. "Agora não dá. Não é nada para breve."

Fernanda Souza e Taís Araújo colocam o assunto em dia em noite de joias em Salvador
Felipe Souto Maior/AgNews
Fernanda Souza e Taís Araújo colocam o assunto em dia em noite de joias em Salvador


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.