Duas ex-assistentes de Nigella e do marido revelaram a suposta dependência em drogas da chef durante julgamento em que são acusadas de fraudar as contas do casal

Nigella Lawson seria viciada em cocaína e a agressão que ela sofreu do marido, o milionário Charles Saatch , em junho em um restaurante londrino, teria sido motivada pela dependência da famosa chef de cozinha. A afirmação é de duas ex-assistentes de Nigella e Saatch, acusadas de desviar uma fortuna das contas do casal.

As irmãs Francesca e Elisabetta Grillo respondem judicialmente por fraude ao patrimônio dos ex-patrões e afirmaram durante uma audiência pré-julgamento que foram autorizadas por Nigella a realizarem os desvios contanto que não revelassem ao marido o seu vício.

A agressão de Saatch teria acontecido após descobrir que a mulher usava cocaína diariamente e também maconha e remédios controlados.

Após a revelação das duas ex-assistentes de Nigella, Saatch enviou ao juiz que cuida do caso uma declaração por e-mail em que confirma as acusações. O texto, em que Saatch diz acreditar em tudo que as irmãs disseram sobre sua ex-mulher, foi lido pelo juiz durante a audiência.

Na carta, Saatch ainda se refere à ex-mulher como "Highella", um trocadilho com o nome dela e a palavra high, que em inglês é usada para classificar quem está sob o efeito de alguma droga.

*Com informações da AP e do Mirror

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.