Pai de Leo, de 3 anos, Sidney Sampaio usou o Instagram para desabafar nesse domingo (24). "Doi e me entristece tanto não poder estar com ele"

Sidney Sampaio e o filho, Leo
Instagram
Sidney Sampaio e o filho, Leo


Sidney Sampaio usou o Instagram nesse domingo (24) para desabafar sobre a briga com a ex-mulher, Juliana Gama , sobre o período de visitas ao filho do casal, Leo, de 3 anos. "Hoje é o aniversário oficial do meu Leo e mais uma vez em uma data especial tenho meu tempo reduzido para estar com meu filho porque há quem julga a presença do pai menos importante devendo prevalecer sua vontade. Doi e me entristece tanto não poder estar com ele", lamentou Sidney, que interpreta o pastor Elias na novela "Amor à Vida".

Há algum tempo o ator tem usado a rede social para falar sobre a situação. "Para mim hoje o dia está triste e saudoso por ser impedido por quem não tem este poder de exercer meu direito legal e legítimo de estar ao lado de meu filho que tanto amo. Tudo o que queria era estar junto dele, direito este que é meu pela Lei e como pai que ama e zela pelo melhor por ele. Confio que a justiça será feita e que o orgulho e a vaidade de quem nao aceita a situação será repreendida! Te amo Leo", escreveu Sidney, há um mês.

Leia também: Ex-mulher sobre Sidney Sampaio: "Nunca foi nem será impedido de ver o filho"

A namorada de Sidney, a assistente de palco Carol Nakamura ,  também comentou a situação. "Fico muito triste por você, meu amor @sidney_sampaio, querer ser um pai mais presente e infelizmente não conseguir por vaidade e maldade das pessoas! Mas acredito na justiça de Deus seu filho sabe o homem maravilhoso que você é e quanto amor sente por ele. Ninguém no mundo vai ser capaz de destruir isso que vc já tem. Feliz aniversário pequeno, a Carol te ama e te deseja sempre o melhor. Espero que você cresça logo e faça as melhores escolhas para sua vida. Te amamos", comentou Carol.  Procurados pelo iG, Sidney e Juliana não foram encontrados para comentar o assunto.

Ao iG , Juliana Gama rebateu as alegações de Sidney . "O Sidney nunca foi nem será impedido de ver o filho. Segundo determinação judicial, ele pegaria o Leo domingo de quinze em quinze dias, das 9h às 19h. No intuito de priorizar a importância da convivência entre pai e filho, o meu bom senso e discernimento permitem que ele fique com ele um final de semana inteiro de quinze em quinze dias e, eventualmente, negociamos de forma civilizada outras datas respeitando o calendário escolar e a rotina dele, essenciais, para seu desenvolvimento", explicou Juliana.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.