Atriz conta que assédio nas ruas aumentou com seu visual platinado e diz que ainda não tem vontade de ser mãe

Giovanna Ewbank está empolgada com seu primeiro trabalho ao lado do marido, Bruno Gagliasso , em “Joia Rara”, apesar de estarem em núcleos diferentes. “Está sendo supergostoso. Trabalhar no mesmo projeto, acreditar na mesma coisa, torcer é muito gostoso quando é em casal, quando é junto”, disse ela, durante o prêmio “Profissionais do Ano”, na noite dessa terça-feira (5), em São Paulo.

Giovanna Ewbank no prêmio 'Profissionais do Ano', em São Paulo
Francisco Cepeda E Caio Duran / AgNews
Giovanna Ewbank no prêmio 'Profissionais do Ano', em São Paulo

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba notícias dos famosos

A atriz, que ficou platinada para viver a vedete Cristina na trama, contou que além do marido ter aprovado o novo visual dela, o assédio masculino aumentou.

“O Bruno adora, quer que eu fique assim para sempre. E é impressionante como as pessoas buzinam no trânsito, ficam chamando, mesmo sem ver o meu rosto”, comentou.

Mesmo depois da campanha de Gagliasso nas redes sociais, com a hashtag #EngravidaGiovanna, ela ainda não pensa em ter filhos.

“Ainda não bateu aquela coisa de ‘quero ser mãe’. Acho que na hora certa vai ser”, declarou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.