Durante evento, atriz falou sobre o novo posto e afirmou que foi o marido, Joaquim Lopez, que a ajudou a aflorar seu lado mais delicado


Eleita a mulher mais sexy de 2013 pela revista "VIP", Paolla Oliveira participou na manhã desta quinta-feira (31) de um evento em São Paulo e comentou sobre o novo posto. "É uma loucura esse título. As pessoas me dão parabéns pela eleição, mas na verdade estou me sentindo exatamente a mesma pessoa hoje. Não me sinto assim (sexy). Aliás, acho que fui eleita justamente por isso", comentou ela.

Paolla acredita que ganhou a votação por estar no ar como protagonista da novela de horário nobre da Globo, "Amor à Vida", na qual vive a médica Paloma. "O título vem de ser sexy porque é uma revista masculina, mas é uma eleição que tem homem, mulher, tem de tudo. Não ganhei só por ser sexy. É porque fui uma mulher que apareceu esse ano, que produziu, que as pessoas gostaram, que, de alguma forma, agradou", declarou a atriz, que precisou sair rapidamente do evento para voltar ao Rio de Janeiro para as gravações do folhetim.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba notícias dos famosos

Para Paolla, a sensualidade vem do estilo com o qual a pessoa enfrenta a vida. "Não é nem a sexualidade, é a sensualidade mesmo. Ela vem de um lugar que tem a ver com a vivacidade que você faz as suas coisas. A sensualidade, para mim, é da ordem da potência e tenho isso na minha vida. Chego primeiro, de peito aberto", opinou.

Segundo a atriz, o marido Joaquim Lopez pensa do mesmo jeito. "Ele até disse que todos os meus outros adjetivos é que me tornavam mais sexy, mais bonita. Ele encara numa boa esse título”. A atriz ainda comentou que foi o próprio Joaquim quem despertou seu lado mais delicado. “Toda mulher hoje em dia, na correria ,acaba esquecendo de ser delicada. E ele, como é muito gentil, acabou me deixando mais nesse lugar de ser feminina e aceitar essas delicadezas”.

Para fechar, a atriz falou também sobre os cuidados que tem para estar sempre bonita. “Como qualquer outra mulher, bebo muita água, tiro maquiagem, não fico muito exposta ao sol. Todas aquelas coisas que já sabemos. A gente tem que ser constante no que faz. Mantenho uma alimentação bacana e atividade física regular”.

“Amor à Vida”

Intérprete de Paloma em “Amor à Vida”, Paolla afirmou que não sabe qual será o rumo de sua personagem na novela, mas acredita que a pediatra pode perdoar o irmão, Félix ( Mateus Solano ), depois de descobrir todas as maldades que ele fez contra ela. E, segundo a atriz, a descoberta e o embate entre os dois está bem próxima. “As pessoas talvez vão se condoer com o mundo todo dele caindo. Quem sabe a Paloma também não perdoe. Apesar de ser uma obra de ficção, o perdão tinha que ser bem real hoje em dia, né?”, defendeu a atriz.

Paolla ainda teceu elogios ao ator da trama, Walcyr Carrasco ., que vem sendo criticado por esgotar bordões de personagens e também por colocar vários temas sociais em destaque por apenas uma semana na novela. “Acho ele muito corajoso, um autor diferente porque vem sem medo do que vão falar. É uma obra de ficção, ele aborda temas reais, mas sempre permeando a ficção”.

Ainda sobre a mistura da ficção com a vida real, ela confessou que as pessoas confundem muito seu nome e o da personagem. “Me chamam de Paloma na vida, de Paolla na ficção, mas é que o nome é parecido. Acho que foi uma coincidência, uma trilogia de ‘P’ (Paloma, Paulinha e Pilar) que não teve a ver comigo. Tem a ver com o próprio Walcyr”.

Biografias

Em meio às polêmicas sobre a proibição de biografias não autorizadas, Paolla deu sua opinião sobre o assunto. “Existem dois polos muito importantes e totalmente opostos: o direito de imagem e a liberdade de imprensa. São duas coisas que precisam, sim, como disse o Roberto Carlos, serem conversadas. Precisa de um meio que seja bom para todos os lados”.

A atriz ainda comentou que, se um dia fizerem um livro sobre a vida dela, não terá vergonha sobre nenhuma etapa do passado, desde o cargo de assistente de palco do Celso Portiolli no "Passa ou Repassa", até ter trabalhado na novela "Metamorfose", da Record, que nem terminou, ou ter namorado o Mauricio Mattar. "Qualquer um dos três faz parte da minha vida e com biografia ou sem biografia eu não tenho problema nenhum de falar sobre isso”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.