Segundo a revista “Contigo!”, os atores não disfarçavam o clima de intimidade nos bastidores da minissérie “Amores Roubados” no Nordeste. “As pessoas da produção já passavam até a deixá-los sozinhos”

Em sua primeira aparição pública após a notícia de separação de Grazi Massafera, nessa quarta-feira (23), Cauã Reymond apareceu sem aliança e evitou falar sobre o assunto . O ator ainda deu uma cutucada sobre as notícias de que teria tido um affair com Isis Valverde nas gravações da minissérie “Amores Roubados” no Nordeste. “Envolver quem não tem nada a ver é perigoso”.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba notícias dos famosos

No entanto, a revista “Contigo!” desta semana traz detalhes da intimidade dos atores nos bastidores da minissérie da Globo. De acordo com uma pessoa ligada à produção que conversou com a publicação, “Isis e Cauã estavam sempre ‘muito próximos um do outro’.Certa vez, fora de cena, eles chegaram a ficar lado a lado deitados numa tenda improvisada dentro de uma igreja no distrito baiano de Junco. ‘Era madrugada e estava muito frio. Isis começou a se sentir mal. Ela sofre de asma. A produção, então, improvisou dentro da igrejinha de Junco uma ‘cama’ e uma ‘tenda’ para a atriz poder se deitar e descansar, porque ela ia gravar uma cena de procissão. E Cauã foi deitar ao lado dela, embaixo de um cobertor", contou a fonte à reportagem da “Contigo!”. E continuou: "Na frente dos outros, eles eram muito discretos, mas as pessoas da produção já passavam até a deixá-los sozinhos para eles ficarem mais à vontade. Era algo mútuo."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.