Atriz de “Flor do Caribe” só quer saber de encerrar a novela e grudar na filha, Sofia, e no marido


Grazi Massafera passou oito meses seguidos sem fazer nenhum exercício físico. Nem ao menos caminhadas diárias. Ela também precisou cancelar a terapia e em raras ocasiões colocava o pé na rua para bater perna. A culpada pela correria é Ester, personagem protagonista de “Flor do Caribe”, novela que chega ao fim dia 13 de setembro. Nos bastidores, a atriz contou para o iG Gente que não vê a hora de grudar em Sofia após o final dos trabalhos.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias dos famosos

Elenco de 'Flor do Caribe' grava cena do casamento dos personagens Juliano e Natália
AgNews
Elenco de 'Flor do Caribe' grava cena do casamento dos personagens Juliano e Natália

“A maternidade me deu maturidade para encarar cenas de emoção com peso diferente. Mas, é muito difícil se separar do filho. Sei que não sou a primeira mãe a passar por isso, mas é uma das coisas mais complicadas. Mas me apeguei a um conselho do Matheus Nachtergaele . Eu estava em Noronha de férias, antes da novela, e comentei com ele que iria começar a trabalhar com bebê de colo. E ele falou: ‘você se comprometeu? Então use o tempo que você estiver longe dela para fazer bem feito’. Mas não adianta, né? Mãe sofre”, falou a atriz, aos risos.

A rotina de exercícios ela conseguiu retomar em julho (“duas vezes por semana, e só musculação”), mas Sofia continua apenas no tempo livre, quando não está decorando os textos de Ester. Aliás, o maridão Cauã Reymond entra nesse pacote das férias. Canceriana típica, Grazi confirmou que quer dar um irmão para a herdeira, e não descarta as férias para encomendar o bebê: “Ah, sei lá… [risos]”.

A fase madura permitiu com que a atriz soubesse separar as críticas com seu trabalho. Pela primeira vez, segundo ela, o público nas ruas deixou de lado a figura “Grazi Massafera” para dar lugar para “sua personagem”: “Eu vim de novelas que não fizeram tanto sucesso de público, e nessa eu enxerguei uma chance de dar certo. Hoje em dia as pessoas me chamam mais de Ester na rua. Foi a primeira vez que eu senti isso. Até então, a minha personalidade, desde o ‘Big Brother’, era mais forte, sabe? Eu tive um retorno que foi diferente, me pegou totalmente de surpresa. Isso me deixou muito feliz”.

Dedicada, Grazi busca sempre melhorar na profissão. Por isso, se diz rigorosa (“sou do tipo que me dou chibatadas”, brinca) e grava a novela na TV de casa todos os dias. No final de semana, ela assiste a uma maratona e anota detalhes. E Cauã ajuda na empreitada? “Ele não assiste novela. De vez em quando ele vê… Já eu vejo tudo que ele faz [risos]. Mas a gente conversa muito. É bom ser da mesma profissão para ter uma troca. Temos conflitos parecidos com relação ao ofício. Não rola é de passar texto junto, eu não consigo. Já bati texto com ele na época de ‘Avenida Brasil’, quando eu estava grávida, mas hoje é pouco. A gente tem que namorar, né, gente? [risos] Não tem tanto tempo para isso [risos]”, brincou.

"Todo ator tem que ter um bom analista"

A carga dramática que Ester exige e a exaustão com a rotina puxada de trabalho deram dor de cabeça para Grazi em outro aspecto. No set, ela estava satisfeita. Mas boatos sobre uma suposta separação foram noticiados de forma errônea, segundo a atriz.

“Em uma fase da novela eu estava fazendo muitas cenas de muita emoção. Gravava chorando sem parar das 13h às 21h. A minha preocupação era terminar a cena e ir para a minha casa, sem nem limpar o rosto. E reparei que o porteiro começou a me olhar torto, as pessoas na rua estava me olhando estranho. Eu saia toda destruída de tanto chorar. Depois disso, começaram a sair boatos de separação. Eu fiquei bastante chateada e o Cauã também. Mas isso passou. Como tudo na vida”, falou.

O filtro de críticas de Grazi é mais apurado hoje em dia: “O pessoal critica muito e eu acho válido só quando você consegue construir alguma coisa a partir disso. Eu acho ridículo criticar o cabelo, por exemplo. E filtrar isso quando você está em um momento de sensibilidade, de muito trabalho, é difícil. Todo ator tem que ter um bom analista para poder separar as coisas”.

Sobre trabalhos futuros, um convite para cinema despertou atenção da atriz, mas nada está fechado. “Pode ser que nem aconteça por agora. É um projeto bem legal, diferente. Aparecer coisa, aparece sempre. Mas às vezes eu vejo que é para ganhar dinheiro, projeto caça níquel. Isso não é meu intuito agora. Eu ganho meu dinheiro com minhas publicidades. Se eu for aceitar qualquer trabalho como atriz, quero algo que some para minha carreira”, disparou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.