Em conversa com o iG, atriz conta que não pretende comer bolo de aniversário: “A Redonda é uma festa, como praticamente um bolo por dia durante a gravação de ‘Saramandaia’", diz. Lembre alguns papeis marcantes de sua carreira e as lições que a vida lhe ensinou


Vera Holtz como Dona Redonda em 'Saramandaia'
Divulgação / TV Globo / Reprodução / Youtube
Vera Holtz como Dona Redonda em 'Saramandaia'

“Todo mundo está dizendo que estou fazendo 60 anos, mas na verdade são 61”, diz Vera Holtz , nascida em 7 de agosto de 1952 na cidade de Tatuí, interior de São Paulo. A confusão pode ser justificada pelo fato de que Vera multiplicou sua vida por muitas ao longo de sua carreira, tantas vezes que o povo perde a conta. Lembre acima, na galeria, alguns dos personagens que ela interpretou nas novelas.

Na véspera do 61º aniversário, que deve comemorar sem bolo nesta quarta (7), ela estava mais uma vez planejando mudanças em sua vida. Olhando em volta seu apartamento no Jardim Botânico, no Rio de Janeiro, considerava derrubar paredes e transformar o espaço em um “loftzão”.

Sempre em movimento, Vera deu uma pausa em seus planos de reforma para fazer, a pedido do iG , uma lista de 10 coisas que aprendeu em 61 anos de vida.

1. Andar. “Aprendi a andar sozinha e conhecer o mundo.”

2. Falar. “Aprendi a falar sobre várias coisas com várias pessoas. Na verdade, a me comunicar.”

3. Ler. “A ler as cidades, a conhecer as pessoas lendo os seus sinais. Aprendi a ler o mundo e o que ele está me comunicando."

4. Conviver. “Aprendi a gostar de gente diferente e a conviver com a diferença."

5. Trabalhar. “Aprendi a gostar de trabalhar, a fazer do trabalho um dos meus instrumentos de comunicação.”

6. Apreciar. “Aprendi a gostar de arte. De arte conceitual, de arte contemporânea, de teatro.”

7. Sentir. “Aprendi a ter um sentimento chamado compaixão.”

8. Cuidar. “Aprendi a cuidar da minha saúde, a me alimentar direito, a ter limites, a me cuidar quando estou doente.”

9. Respeitar. “Sempre respeitei os mais velhos, mas aprendi a respeitar a velhice em mim e nas outras pessoas.”

10. Escolher. “Aprendi que posso fazer o que eu quiser, que posso inventar minha vida a cada momento. Que a escolha é minha.”

E sim, a escolha é dela. Sendo assim, sua lista de 10 itens terá 11. E segue com a primeira lição que está começando a aprender.

“Aprendi a manter a calma. E o que estou aprendendo agora é que tenho 61 anos e quero aprender matemática. Zerar a vida e mudar suas equações.”


LEIA TAMBÉM:

Vera Holtz ama picolé de coco e resolve tudo com tomate

Compare o remake de "Saramandaia" com a versão original, de 1976

Dona Redonda esconde uma Vera Holtz 10 kg mais magra


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.