Atriz lança sua “Playboy” em São Paulo, conta que vai construir poços no Piauí e fala ainda de Photoshop, críticas, cantadas de mulheres e que continuará com rotulada como "a viúva do Marcos Paulo"


Antonia Fontenelle já pode considerar seu ensaio para a edição de julho da “Playboy”, da qual é capa, um sucesso. Segundo a atriz, a publicação já vendeu mais de 400 mil exemplares.“Meus amigos me ligaram dizendo que esgotou nas bancas. Recebo reclamações diárias das pessoas querendo saber onde comprar. Até já estão fazendo novas tiragens”, comemorou ela, em entrevista ao iG durante o lançamento da revista na noite dessa quinta-feira (11) num restaurante de São Paulo.

Antonia Fontenelle
Claudio Augusto/Foto Rio News
Antonia Fontenelle

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias dos famosos

Antonia disse que o namoro com a "Playboy" começou em 2011. “Mas teve a doença do Marcos Paulo (seu marido, que faleceu em novembro de 2012, vítima de uma embolia pulmonar) e, realmente, não se pensa em mais nada. Aí, quando o Thales (Guaracy , diretor de redação) assumiu a ‘Playboy’, me fez o convite novamente. Foram dois meses de muito amor, tapas e beijos, para gente chegar a um denominador comum”, contou.

“Não tem Photoshop. Quando vou à praia vocês veem que eu não tenho celulite”

A atriz enfatizou que seu corpo visto nas páginas da revista está sem alterações feitas pelo programa de edição de imagens. “Só teve Photoshop na luz, em mim não. Quer que eu tire a roupa e mostre? (risos) Gente, quando vou à praia, vocês veem que eu não tenho celulite. Fiquei uma semana sem comer sal e vocês queriam que eu estivesse o quê? Baranga? Às vezes eu vejo pessoas que eu conheço em outras revistas e não as reconheço. E não queria isso pra mim.”

“Sempre precisei de dinheiro e sempre trabalhei”

Antonia ainda garantiu que não se preocupa com as críticas que recebe vez ou outra de algumas mídias e de seguidores no Twitter. “Quando querem me atingir, me chamam de ‘subcelebridade’. Meu amor, sou formada em artes cênicas, o meu filho fala línguas, eu o sustentei com teatro. Não posso fazer nada se a gente mora em um país em que é a televisão que impera. Eu trabalho pra caramba. Não é porque eu me monto, porque vou e poso com meu marido no tapete vermelho toda bonequinha, que eu tenho vida fácil, o povo fica com ódio de mim. Gente, eu sempre precisei de dinheiro e sempre trabalhei”, desabafou.

“O cachê dá para matar a sede do povo do meu sertão”

Aliás, a atriz não revelou o cachê que ganhou para posar nua para a “Playboy”, mas deixou a entender que não foi pouca coisa e contou até o que pretende fazer com o dinheiro. “O cachê dá para matar a sede do povo do meu sertão. Vou mandar construir uns poços, meu pai tem um terreno muito grande no sertão do Piauí, para que nenhum bicho e ninguém naquele lugar passe mais sede. E eu posso fazer isso por eles, não vai me custar nem 10% do meu cachê”, declarou.

“Está bombando de cantadas de mulheres”

Recentemente, Antonia causou polêmica em seu Twitter, ao criticar o projeto de Cura Gay e dizer “eu não sou gay, às vezes bi”. “Teve gente que falou que eu assumi a homossexualidade. Falei ‘nossa, já virei homossexual, que loucura é essa?´”, disse a atriz, aos risos, durante a entrevista. Em seu Instagram ela chamou novamente a atenção ao publicar foto de seus cabeleireiros vendo sua “Playboy” com a legenda “cura gay sou eu, meu amor”. “Cheguei para pintar o cabelo e todas as ‘bi’ estavam com a minha revista. E falei ‘a gente tem que registrar isso’. Aí, coloquei essa frase brincando.”

Com o ensaio nu, Fontenelle revelou que tem recebido muitas cantadas de mulheres. “Ih, tá bombando, fase muito boa. Estou adorando isso, sabia? É bom posar para a ‘Playboy’(risos).”

“O ensaio não vai tirar a imagem de viúva do Marcos Paulo”

Chamada como ‘a viúva mais famosa do Brasil’ na capa da “Playboy”, Fontenelle acredita que a revista não vai desvincular sua imagem ao do marido, Marcos Paulo, “Estou fazendo de tudo para não falar dele, mas não consigo. Não tem como, é tudo muito recente, a gente trabalhava junto, vivia junto.” Apesar disso, ela não descarta um novo romance em sua vida. “Tudo comigo foi assim: cheguei e aconteceu. Eu não tenho aquilo de ‘quero aquela pessoa e vou batalhar por ela’. Nunca aconteceu isso. Estou aberta para tudo na vida. Não me fecho para nada”, afirmou.

“Não vou deixar ninguém tripudiar sobre o que me foi deixado”

Antonia Fontenelle não fugiu das perguntas sobre a herança de Marcos Paulo, que foi alvo de discussões entre a atriz e as três filhas do diretor - Vanessa , do relacionamento com a modelo italiana Tina Serina , Mariana , da união com Renata Sorrah , e Giulia , do casamento com a atriz  Flávia Alessandra . “Não tem briga. Não há argumentos contra fatos. Está lá, meu advogado vai cuidar disso para mim. Eu poderia dar as costas e nunca mais querer saber desse assunto, mas ele (Marcos Paulo) deixou (a herança) para mim. Ele trabalhou a vida inteira para isso e não foi desonesto com ninguém ou deixou alguém perdendo. Ele fez como manda a lei, e lei é lei e tem de ser cumprida e pronto. Não vou deixar ninguém, mas ninguém mesmo, tripudiar sobre o que ele queria e muito menos o que me foi deixado.”

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.