Em cartaz no teatro com "À Beira do Abismo me Cresceram Asas", a atriz quer dar a volta ao mundo num veleiro, sem data para voltar. Mas antes precisa se curar de vez da tosse

A gente olha para Maitê Proença e pensa: qual será o segredo dela? Dois ela contou para o iG . Para tirar a maquiagem, seu produto de escolha não é um creme importado e nem caríssimo: Xampu Johnson´s. Para hidratar, Vaselina. "Bate um bolão."

Em cartaz no Teatro Faap, em São Paulo, com a peça "À Beira do Abismo me Cresceram Asas", a atriz para quem o tempo parece passar bem devagarzinho anda quase sempre em ritmo acelerado. Neste espetáculo, por exemplo, é autora, diretora e ainda atua, no papel de uma senhora de 86 anos que, ela sim, guarda um grande segredo.

Entre tantas atribuições, uma viagem atrás da outra e uma tosse intermitente, Maitê topou participar da brincadeira proposta pelo iG e revelar “O QUE ESTÁ...”

... EM SUA LISTA DE AFAZERES URGENTES?

"Descansar, respirar, praticar pranayamas e fazer mais exercícios"

... EM SUA PLAYLIST?

"Só filmes e séries, pouca música atualmente. Quero rever todos os documentários do Herzog e assistir a série 'Vicious', sobre dois homossexuais idosos"

... NAS PAREDES FAVORITAS DE CASA?

"Ainda os textos selecionados para o último livro, 'É duro ser cabra na Etiópia'. Tenho uma parede inteira deles na sala de estar"

... EM SUA TV TODAS AS NOITES?

"Tenho gostado de assistir ao submundo dos drogaditos na Home and Health e 'The Biggest Loser', sobre aquela gente que emagrece 80 quilos. E outro programa de pessoas que aprendem a viver com doenças terríveis ou imensas deformações. Depois fico tensíssima e demoro a dormir"

... EM CIMA DE SEU CRIADO-MUDO?

"Água, caderno de anotações para as ideias que surgem na calada da noite, os livros do momento"

... EM SEU IPHONE?

"Estou em turnê com minha peça e com o lançamento do último livro, 'É duro ser cabra na Etiópia', só faço viajar. Então, despertador, e 'The Weather Channel'"

... NAS PRATELEIRAS DE SUA GELADEIRA?

"Figos, frutas vermelhas, pupunha, pinhão cozido, suco de uva, água de coco, vinho branco"

... NA BANCADA DO BANHEIRO?

'Xampu Jonhson baratinho pra tirar a maquiagem da peça, ou vaselina, que também joga um bolão e não custa nada"

... NOS TRÊS ÚLTIMOS LANÇAMENTOS DO CARTÃO DE CRÉDITO?

"Minha noite de convidados de 'À Beira do Abismo me Cresceram Asas' em SP foi marcada, coincidentemente, no dia da maior manifestação popular até agora. Sou autora, diretora e atriz, estou envolvida até o pescoço e vinha de dias e dias de ensaios e remontagem. Imaginei que, com todo nosso esforço, não fosse ter uma alma na plateia. Tinha. Ainda assim caí doente. No dia seguinte, já meio febril, saí pra comprar frutas, mas, meio tonta, parei numa loja de tênis. Bastou o atendente me mostrar um exemplar que, segundo ele, havia sido considerado 'o melhor do mundo', e eu, que não dou nada por esse tipo de calçado, desembolsei uma fortuna naquela coisa estranha. Até que é bom mesmo, ao menos isso. E teve também um vestido goiaba Diane von Furstenberg e um cafezinho no Santo Grão da Oscar Freire"

... NO ITINERÁRIO DE SUA PRÓXIMA VIAGEM?

"Três destinos clamam por mim: Etiópia, Sudão e Butão"

... EM SEU PENSAMENTO NESTE EXATO MOMENTO?

"Quando, santo Cristo, eu vou parar de tossir?

... NA SUA LISTA DE COISAS PARA FAZER ANTES DE MORRER?

"Dar a volta ao mundo num veleiro sem data pra voltar"

LEIA TAMBÉM: Maitê Proença: "A velhice não é para covardes"

Maitê Proença e Clarice Niskier em cena na peça
AgNews
Maitê Proença e Clarice Niskier em cena na peça "À Beira do Abismo me Cresceram Asas"




    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.