Namorada de Klebber Toledo, nove anos mais velho, atriz conversa com revista sobre namoro, virgindade e ciúme, e diz ainda que está preparada para raspar a cabeça em "Amor à Vida", novela na qual interpreta milionária que poderá sofrer de uma doença grave

No ar em "Amor à Vida" como a milionária Nicole, Marina Ruy Barbosa estampa a capa da nova edição da revista "Quem". Em entrevista à publicação, a atriz de 17 anos fala sobre sexo e sobre o namoro com Klebber Toledo , nove anos mais velho. O relacionamento teve início em 2011, quando os dois viveram um par romântico na novela "Morde e Assopra".

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias dos famosos

"Tem que ser com a pessoa certa, com alguém em que você confie e que seja legal com você. Cada um sabe sua hora. É uma coisa que não banalizo. Acho feio banalizar, acho que perde a graça. A vida é bonita, então, vamos fazer ficar bonito. Por ser mais velho, o Klebber não tem tanta pressa de tudo, já viveu, já fez, já conheceu. Nunca dormi fora e o Klebber nunca dormiu na minha casa", contou.  

Marina revelou também que era ciumenta no início do namoro e criticou as mulheres "galinhas". "No começo, eu era mais ciumenta, mas o Klebber me passa muita segurança. Barraco, não faço. Nunca (risos). Há mulheres muito galinhas. É louco, né? Acho que não se comportam e, aí, os caras não valorizam. Não adianta querer um prínicipe se você não é uma princesa. É muito difícil uma mulher rodada encontrar um cara legal. Só vai encontrar sapo", afirmou ela. 

Marina Ruy Barbosa e Klebber Toledo
Agnews/ Divulgação
Marina Ruy Barbosa e Klebber Toledo

A atriz, que interpreta uma órfã herdeira na novela das 21h, pode repetir o drama da personagem de Carolina Dieckmann em "Laços de Família", na qual interpretou Camila, e ter que raspar o cabelo para o tratamento de uma doença grave. "Se for preciso estou pronta. E olha que o meu cabelo é o que mais gosto em mim", garantiu. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.