Atriz fala de sua personagem no longa "Faroeste Caboclo", baseado na música do grupo Legião Urbana, durante pré-estreia em São Paulo

Isis Valverde participou na noite dessa segunda-feira (20) da pré-estreia do longa “Faroeste Caboclo”, baseado na música do grupo Legião Urbana, em São Paulo. Em rápida conversa com a imprensa, a atriz falou sobre sua personagem, Maria Lúcia. “Nunca imaginei que fosse interpretá-la, até porque ouvia a música quando eu era muito pequena. A minha mãe é viciada em Legião, então, eu sempre escutei. E toda criança rouba os CDs da mãe, assim como sapato e roupa e eu acabei roubando o CD do Legião, me encantei pela música”, contou.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias dos famosos

E engana-se quem pensa que a atriz foi escolhida logo de cara pelo diretor do filme, René Sampaio . Pelo contrário, Isis teve que participar de diversos testes para conseguir o papel. “Fiquei sabendo dos testes e falei para eles ‘estou disponível, queria muito fazer uma personagem que eu sei que está no imaginário do público brasileiro e fez parte da história do rock´n roll nacional. Quero muito fazer o teste, quero muito essa personagem para mim, acho que dou conta'. E fui para os testes com tudo, fui batalhar pelo sim”, lembrou ela.

A atriz disse que uma de suas maiores dificuldades foi o clima seco de Brasília, onde o longa foi feito. “Tenho asma! Mas queria muito fazer esse filme”, explicou. “Fomos para Brasília antes de começar as filmagens para sentir a cidade, conhecer os brasilienses, que era o principal. Foi bem bacana. Quando a gente mergulhou não voltou mais, só no final do filme”, finalizou.

Isis Valverde na pré-estreia do filme 'Faroeste Caboclo', em São Paulo
Manuela Scarpa/Foto Rio News
Isis Valverde na pré-estreia do filme 'Faroeste Caboclo', em São Paulo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.