Astro americano participou de estreia do filme "Oblivion", nesta quarta-feira (27), no Centro do Rio de Janeiro

Tom Cruise causou alvoroço ao chegar a pré-estreia do seu mais recente filme "Oblivion", nesta quarta-feira (27), no Cine Odeon no Centro do Rio de Janeiro. Sempre muito receptivo, o ator americano parou para dar autógrafos e se divertiu quando algumas fãs mais assanhadas cantaram a música "Ai seu eu te pego", do Michel Teló , para ele. "Simplesmente amo o Brasil", disse ele.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias dos famosos

Esta é a quarta vez que o astro visita o país para divulgar um longa-metragem. No entanto, desta vez, ele pediu alguns dias de folga para conhecer melhor a cidade. "O Rio é um ótimo lugar para relaxar e estou precisando disso. Tenho trabalhado muito, fiz cinco filmes nos últimos meses. Quero descansar, mas sei que também vou ter de trabalhar. Passarei grande parte do tempo no hotel tendo reuniões no telefone", contou ele, que ainda desconversou ao ser questionado se iria a alguma boate. "Vamos ver aonde o trabalho vai me levar".

Solteiro desde o fim do casamento com Katie Holmes, Tom ainda elogiou as mulheres brasileiras. "São lindas", se limitou a dizer, rindo timidamente. Como todo astro internacional que vem ao Brasil, o ator também falou sobre a sua relação com o futebol. "Eu adoro. Tenho uma camisa autografada por toda a seleção brasileira. Fiquei muito feliz ao saber que o Brasil seria a sede da Copa do Mundo de 2014. Quero assistir, mas não sei se vou conseguir vir".

Filme

"Oblivion" narra a história de Jack Harper, um dos ultimos coletores restantes na Terra. Ele faz parte de uma grande operação para extrair recursos vitais, depois de décadas de guerra com uma raça alienígena chamada Scavs. Com a missão quase completa e com data marcada para ir para a colônia humana lunar, a vida de Jack muda após resgatar uma mulher de uma nave espacial que caiu. A chegada dela o fará questionar tudo o que sabe e colocará o destino da humanidade em suas mãos. "Adoro fazer filmes de ficção científica e quando soube que o diretor Joseph Kosinski iria fazer, era um convite irrecusável. Ele é visionário", explicou.

Tom ainda falou sobre a nova sequência de "Missão Impossível". Ao ser questionado se gostaria de rodar o filme no Brasil, Tom não teve dúvidas. "Adoraria, mas ainda estamos trabalhando na história do longa. Não coloque mais pressões do que já tem", brincou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.