Integrante da segunda temporada de "Mulheres Ricas" falou ainda sobre a possibilidade de sair nua em uma publicação masculina: "Tenho uma beleza a ser mostrada"

Alta, bonita e magra. A morena  Cozete Gomes  se diferencia esteticamente de Val Marchiori pela cor dos cabelos. "Temos outras diferenças, mas a Val não precisava chegar a esse ponto de me atacar", disse ela na noite dessa segunda-feira (04), no apartamento do arquiteto Leo Shehtman , em São Paulo, onde aconteceu um jantar para parte do o elenco das duas edições de "Mulheres Ricas". Val Marchiori , Andréa de Nóbrega e Narcisa Tamborindeguy não foram

Siga o iG Gente no Twitter e receba notícias dos famosos 

Cozete posou para fotógrafos e cinegrafistas presentes na reunião das ricas e comentou, sem modéstia: "O lado sensual é muito presente em mim". Ela ainda falou da competição com Val no reality e, apesar de não ter recebido ainda convite,  não descarta a possibilidade de sair nua numa revista masculina. "Tenho uma beleza a ser mostrada."

iG: Que balanço geral você faz da segunda temporada de "Mulheres Ricas"?
Cozete Gomes: O balanço geral que faço do programa é um saldo positivo. Tivemos viagens internacionais, luxo, compras, vaidades, festas e, principalmente, empreendedorismo, que foi o ponto mais marcante do programa. Nas pautas em Portugal geramos negócios, quanto à parte de produção artística, (realizamos) os sonhos da Aeileen Kunkel de ser cantora e da Mariana Mesquita  de ser atriz. Já a primeira (temporada) foi mais apimentada em termos de alfinetadas.

iG: O que você passou para o público além da riqueza? 
Cozete Gomes:  Passei o para o público o que eu mais sei fazer: minha vida como empresária, meu cotidiano. Meu objetivo não era só a minha vaidade, mas sim compartilhar algo que possa servir de exemplo, incentivar um novo empreendedor que possa se espelhar em alguém que começou do zero e que hoje tem sucesso.

iG: Você já sabia do jeito verdadeiro e sincero da Val.  Com você foi mais intenso. Um dos motivos poderia ser a inveja por causa da beleza?
Cozete Gomes:  Acho que sim. Existem outras formas e maneiras de você expressar sua opinião sem agredir a pessoa, sem tentar diminuir alguém porque existem pessoas que são influenciadas ou não. A Val tentou me diminuir para que eu não ofuscasse a participação dela. É o que eu sinto. Não sou dona da verdade, não sei se o sentimento dela chega a esse ponto, cada um tem o seu espaço, o seu perfil, eu sou morena, ela, loira, temos nossas diferenças. Os ataques partiram dela e eu só expliquei o que estava acontecendo para o público. Nenhum momento precisei ocupar parte do meu tempo para ficar falando mal de alguém, como ela fez. Achei isso muito reincidente da parte dela, isso caracterizou um recalque. Não são palavras só minhas, mas são de uma legião de fãs que têm me acompanhado.

iG: Quando você realmente percebeu isso?
Cozete Gomes: No sétimo episódio foi mais pesado, ficou muito claro esse incômodo da Val comigo. Eu me vesti muito próximo das outras mulheres e por que só falar de mim, criticar a mim? Ficou claro que tinha um problema dela comigo. Meu problema com ela foi depois que percebi isso

iG: Já recebeu proposta para atuar e para sair nua?
Cozete Gomes: Não recebi nehuma proposta por enquanto, mas acredito que devam chegar sim. No campo artístico, eu me identifico com esse lado atriz, já fiz algumas aparições como modelo, em espetáculos. O lado sensual é muito presente em mim. Sempre fui muito sensual, alta, morena, magra... Acho que o nu pode ser estudado, por que não? Eu tenho uma beleza a ser mostrada.

Veja a reação das "Mulheres Ricas" assistindo a segunda temporada do reality:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.