Solteira desde o fim de 2012, a atriz falou ainda sobre o estilo de homem ideal em entrevista à revista "GQ" do mês de março

Considerando-se “mais sexy do que bonita”, Cleo Pires abriu o jogo sobre sexo para a revista “GQ” de março, da qual é a capa. “A energia sexual é a mais poderosa que existe e pode gerar coisas maravilhosas, na cama e fora dela”, disse ela, que relembrou ainda ter uma sexualidade aflorada desde a juventude. “Eu era uma criança muito sexual. Namorava todos os filhos das babás, das cozinheiras. A babá que ficou mais tempo comigo foi a Teia. Ela me levava para a Pavuna e eu namorava o filho dela, o Bruno. Depois um amigo do Bruno. Tinha também o caseiro, Zezinho, por quem eu era apaixonada”, falou a atriz.

Siga o Twitter do iG Gente e acompanhe as notícias dos famosos

Separada de João Vicente de Castro desde o fim de 2012, a intérprete de Bianca em " Salve Jorge ", contou ainda sobre o estilo de homem que mais lhe agrada e adiantou que curte os tatuados. “Amo. Tipo aquela do cara que bebeu e acabou se tatuando. Ou aqueles desenhos de presidiário russo, sabe?”. Segundo a publicação, Cleo não tem “nada contra” peitos cabeludos e também não se importa se o homem tiver uma barriguinha. “O cara não liga tanto se está ou não está sarado [...] Mas também não pode ser um barrigão, né? Uma barriguinha”, completou.

Cleo ainda comentou sobre sua boca, um dos detalhes físicos que mais chamam a atenção. “Dependendo do dia, acho a minha boca bonita. Mas na verdade tento não olhar muito pra ela”, conclui. Veja fotos do ensaio para a publicação na galeria acima.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.