Na pele de uma recém-divorciada no filme "Parker", a cantora e atriz conta que usou o novo trabalho como uma forma de superação

Escolhido a dedo por Jennifer Lopez , o novo filme “Parker” funcionou para a atriz e cantora como válvula de escape para dar vazão ao “colapso da separação” de Marc Anthony , há dois anos. Em entrevista ao programa de Katie Couric , nessa sexta-feira (25), Jennifer disse que ainda continua lutando para superar o divórcio, que segundo ela, foi “o pior momento” de sua vida.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as últimas notícias dos famosos

Portanto, o novo trabalho - ela viverá Leslie, uma mulher recém-divorciada - a ajudou a se reerguer e a superar o fim do casamento: “Foi uma benção colocar todas essas emoções e sentimentos em algum lugar”. J.Lo ainda revelou que acordar cedo para cuidar dos filhos  Max e Emme quando estava deprimida, assim como assumir a triteza perante os outros foi muito complicado. "Acabei tendo que esconder essa dor no trabalho, na frente das crianças, o tempo todo.” E com ar satisfeito, emenda: “Então poder usar isso em cena e estar do jeito que me sentia foi ótimo”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.