Andrée Gabrielle de Ridder conviveu com o empresário por 19 anos e reivindica 50% de seu patrimônio, que ultrapassa R$ 600 milhões

Andrée Gabrielle de Ridder , ex-amante e atual viúva de João Jorge Saad , fundador do Grupo Bandeirantes de Comunicação, entrou com um pedido na Justiça para a anulação da partilha dos bens do empresário. O processo corre na 5º Vara de Sucessão e Família de São Paulo.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as últimas notícias dos famosos

“Andrée só está buscando o que é de direito dela. Ela foi reconhecida em documento assinado pelos cinco filhos do João Jorge Saad como mulher legítima do empresário durante os anos de 1996 e 1999 e como companheira dele por quase vinte anos”, contou ao iG o procurador de Andrée, Márcio Marcelo Minikovski .

Andrée diz que manteve uma relação íntima com João Saad entre os anos de 1980 e 1996. Neste ano, quando a mulher do empresário, Maria Helena de Barros Saad , faleceu, ela e Saad viveram juntos sob união estável até 1999, quando o fundador morreu.

De acordo com seu representante, a decisão de entrar agora na Justiça veio com o não pagamento do valor estipulado no acordo de 2007. “Os direitos dela são muito maiores do que foi formalizado em 2007 com os filhos dele. Para ela, o mais importante foi o reconhecimento dos filhos de seu ex-marido, mas financeiramente ela ainda não recebeu nem o valor indigente do acordo. Os filhos sonegaram a participação dela no inventário”, disse Marcelo.

PENSÃO ALIMENTÍCIA E 50% DO PATRIMÔNIO
Entre os pedidos de Andrée, que até hoje trabalha como assessora da presidência do Grupo Bandeirantes, estão: uma pensão alimentícia no valor de R$ 60 mil, 50% de todo o patrimônio de João Saad, mais os rendimentos que os bens do empresário tiveram desde a partilha, da qual ela não teve acesso - apenas os filhos. “O valor divulgado de R$ 600 milhões é apenas uma parte da qual ela realmente tem direito. Se você prestar atenção, ela é a verdadeira dona da Band”, concluiu o advogado.

Procurada pelo iG Gente , Andrée não quis comentar o caso, mas sua filha Jacqueline contou como a mãe está: “Super bem, tranquila, trabalhando e está apenas em busca dos direitos dela”, disse a jovem, que não é filha de João Jorge Saad. Ela, que trabalhou muitos anos na Band garantiu ainda que a relação com os filhos do empresário é a melhor possível. “Convivo com eles desde os meus nove anos. Nossa relação sempre foi e será muito boa”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.