Emocionado, ator contou em entrevista a programa americano que sua mãe deixou a família quando ele tinha apenas oito anos

Hugh Jackman deu uma entrevista emocionante ao programa americano "60 Minutes" nesse domingo (6). 

O ator australiano de 44 anos falou sobre sua mãe, Grace , que abandonou a família quando ele tinha apenas oito anos. 

Siga o Twitter do iG Gente e acompanhe as notícias dos famosos em tempo real

"Eu ainda me lembro da manhã em que ela nos deixou. É estranho como algumas coisas não saem da nossa memória. Eu lembro que ela estava com uma toalha enrolada na cabeça e disse 'adeus'. Eu fui para a escola e quando voltei não havia mais ninguém em casa. No dia seguinte recebemos um telegrama da Inglaterra. Ela estava lá", disse ele, com lágrimas nos olhos. "E foi assim. Eu não acredito que ela pensou, nem por um segundo, que seria para sempre. Eu acho que ela pensou 'Eu só preciso me afastar, e depois voltarei'. Meu pai rezava todas as noites para que ela voltasse", completou. 

Hugh Jackman era o mais novo de cinco irmãos e seu pai, Chris , foi o responsável por criar a família. 

CONFIRA AQUI:  Hugh Jackman se declara à mulher no prêmio Tony

"Meu pai é uma rocha. Ele é a minha rocha. Aprendi com ele sobre lealdade, sobre poder contar com alguém, todos os dias, sem exceção", disse o astro.

O intérprete de Wolverine na saga "X-Men" tem dois filhos, Oscar e Ava , do casamento com  Deborra-Lee Furness , de 57 anos. 

"Nós nunca ficamos mais de duas semanas separados. Nós optamos por evitar a distância, nós não gostamos dela", contou ela. 

FOTOS:  Adriana Lima e Hugh Jackman curtem férias em família

Hugh disse ainda que seu pai o inspirou a se empenhar para manter a proximidade com a familia, apesar do trabalho. "É sempre a família em primeiro lugar. De uma forma gentil, ele sempre me lembra de que isso é o mais importante". 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.