Antonio De la Rúa, que também atuou como empresário e marqueteiro da popstar por dez anos diz, que é o responsável pelo sucesso da ex

Shakira arrumou uma dor de cabeça e tanto no meio de sua gravidez. A cantora, que espera o primeiro filho com o jogador de futebol Gerard Piqué , está sendo processada pelo ex-namorado Antonio de la Rúa em US$ 100 milhões, aproximadamente R$ 210 milhões.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as últimas notícias dos famosos

De acordo com o jornal britânico "Daily Mail", Antonio, que ficou com Shakira por mais de dez anos como namorado e empresário, entrou na justiça após ser demitido em outubro de 2011 - dez meses após o fim do romance. Ele alega quebra de contrato e violação do acordo de confiança profissional que tinha com Shakira.

"O sucesso financeiro alcançado por Shakira com meu cliente foi inigualável. De la Rúa passou mais de seis anos construindo a marca Shakira e foi demitido como se ele fosse um mero empregado”, garantiu William Reid , advogado do ex-namorado da popstar. “Os lucros obtidos por Shakira em 2011 e 2012, mais os milhões de dólares que ela ganhará no futuro, serão gerados integralmente pelos negócios conceituados, criados e executados por Antonio de la Rúa”, continuou.

Entre as outras alegações de Antonio De la Rúa estão: responsabilidade em convencer Shakira a gravar o sucesso “Hips Don’t Lie” e criar todo o marketing da cantora. "Foi graças à combinação dos talentos em negócios e marketing de Antonio, com os talentos artísticos, beleza e sex appeal de Shakira, que a carreira dela chegou além de qualquer patamar que já havia sido alcançado pela cantora antes", concluiu William.

Shakira e Antonio se separaram dois meses antes da cantora assumir seu relacionamento com o jogador do Barcelona, em março de 2011.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.