Série “Mulher Invisível” protagonizada pela atriz saiu vencedora na premiação

Luana Piovani
Divulgação
Luana Piovani



Na noite desta segunda-feira (19), duas produções da TV Globo foram premiadas no Emmy. O remake de “O Astro” e a série “Mulher Invisível” levaram os troféus nas categorias “Best Telenovela” e “Comedy” respectivamente . Luana Piovani , protagonista de “Mulher Invisível”, usou o Twitter para mostrar o misto de sensações com a vitória. A atriz comemorou a estatueta, mas lamentou a falta de convite para acompanhar a premiação. “Eu ganhei dois prêmios importantes nessa minha vida. Um, da Academia Brasileira de Cinema, que, não acreditando em mim, não fui a cerimônia. Ganhei. O outro foi esse Emmy. Mas dessa vez eu acreditei em mim, mas não acreditaram. Ou seja, não fui convidada para ir”, lamentou Luana, que ainda seguiu com o desabafo. “E olha que pedi. Disse que tinha casa, vestido e inglês, que ia arrasar no Red Carpet. Babau. Ninguém me convidou. Magoei que não me levaram,eu pedi...”.

Siga o Twitter do iG Gente e acompanhe todas as notícias dos famosos

Apesar de mostrar-se bastante magoada com a falta de convite, Luana afirmou que está orgulhosa com a vitória da série em que interpretou Amanda. “Ganhamos...é isso! Parabéns a todos. Orgulhosa e saudosa da Amaaaandaaa”.

Para tentar superar a ausência na premiação, Luana focou em seu atual trabalho, a novela “Guerra dos Sexos”. “Bom vou fazer minha colorida novela que ganho mais. (...) Vou viver minha Wânia querida e guardar minha feliz e decepcionada Amanda na caixinha de ouro do coração”.

Durante a cerimônia de gala no Hotel Hilton, de Nova York, a estatueta de “Mulher Invisível” foi entregue ao diretor Claudio Torres e ao roteirista Mauro Wilson .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.