Ex-mulher de sertanejo Hudson morre com um tiro na cabeça

Polícia suspeita de que Larissa Lopes, produtora de moda de 26 anos, teria cometido suicídio

Juliana Moraes , especial para o iG Gente |

Larissa Lopes , ex-mulher do sertanejo Hudosn , da dupla com Edson , morreu na tarde dessa segunda-feira (12) em Limeira, no interior de São Paulo, com um tiro na cabeça. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial da cidade.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as últimas notícias dos famosos

De acordo com a delegacia, a investigação trabalha com a hipótese de suicídio, mas as causas da morte ainda estão sendo investigadas. Uma funcionária da delegacia confirmou ao iG as informações de que a produtora de moda, de 26 anos, levou um tiro na cabeça dentro da loja de carros do pai dela, no entanto, o delegado responsável pelo caso, Dr. João Batista Vasconcelos , não quis falar com a reportagem por telefone sem o consentimento da família da moça.

A assessoria de imprensa do músico de 40 anos falou ao iG que Larissa chegou a ser socorrida e deu entrada em um hospital de Limeira já com morte cerebral. “O Hudson está muito abalado e por isso ainda não se pronunciou”, comentou a assessora. Já Edson usou as redes sociais para deixar uma mensagem. “Larissa Lopes, que Deus te ilumine e te guarde debaixo de suas asas”, escreveu o músico pelo Twitter. Em 2009, antes da separação da dupla, que retomou a parceria no início de 2012, Edson foi acusado por Larissa de agredi-la nos bastidores de um show. O cantor negou a acusação, que foi retirada em seguida por Larissa.

O enterro de Larissa está marcado para as 14h desta terça-feira (13) no Cemitério Saudade, em Limeira. 

Hudson e Larissa não tiveram filhos juntos e o casamento chegou ao fim há um ano.

Leia tudo sobre: HudsonLarissa LopesSertanejoEdson e Hudson

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG