Ator diz que quer tirar férias e que considera Nacib, seu personagem em “Gabriela”, um marco em sua carreira

Ivete Sangalo e Humberto Martins no prêmio Profissionais do Ano
Manuela Scarpa/Foto Rio News
Ivete Sangalo e Humberto Martins no prêmio Profissionais do Ano

Humberto Martins não quer pensar em trabalho durante um bom tempo. Após viver Nacib no remake de “Gabriela” e emendar trabalhos por sete anos seguidos, o ator só pensa em tirar férias. “Eu não quero pensar em nada. Quando eu faço um trabalho eu me dedico tanto a ele, por completo, concentrado no dia a dia, que isso pesa, cansa, apesar de ter um resultado muito bom no final. Estou com vontade de ser eu mesmo agora, não quero ler outro trabalho, porque eu me entrego tanto. Falei para a diretoria da Globo ‘me deixa ser eu mesmo um pouco’, porque eu quero pensar em mim, nas minhas coisas”, disse ele, durante entrevista nos bastidores do prêmio Profissionais do Ano, na noite desta quarta-feira (7), em São Paulo.

Siga o iG Gente no Twitter e receba notícias dos famosos em tempo real

Agora Humberto pretende fazer as coisas que mais gosta quando está de folga: praticar esportes e ficar com os filhos, Thamires, de 23 anos, Humberto Filho, de 15, e Nicolle, de 5. “Eu gosto de ficar com meus filhos, brincar, curtir eles. E também de pegar onda, jogar golfe, andar de bicicleta, skate. Eu ando de skate desde os 12 anos de idade, nunca parei”, revelou.

Apesar de todo o cansaço, Humberto Martins não reclama. Ele considera Nacib um dos papéis mais importantes de sua carreira. “Foi uma grande honra para mim. Quando soube que iria fazer fiquei muito feliz, ainda mais por ter sido o Armando Bogus que fez na versão anterior, que conheci em 'Pedra sobre Pedra', e ao fim dessa novela ele veio a falecer. Nunca pensei em substituí-lo em uma versão nova de 'Gabriela'. Foi para mim um grande marco entre todos os personagens que já fiz, esse personagen coroou todos os outros. Fiquei muito feliz”, declarou.

VEJA MAIS FOTOS DE HUMBERTO MARTINS E OUTROS FAMOSOS NO PRÊMIO PROFISSIONAIS DO ANO:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.