Em parceria com as amigas Fabiana Misse, Tatiana Caiafa e Renata Ciraudo, atriz administra a loja La Luna Mia no Rio de Janeiro

O que as famosas fazem com aquele sapato que apareceu na capa da revista? Ou aquele vestido daquela festa em que a imprensa toda estava? E com os sapatos incríveis e acessórios de deixar qualquer mulher de queixo caído? A atriz Danielle Winits sabe responder. Parte do que a imprensa de celebridades exibe em suas fotos de estilo vai parar em seu brechó, o La Luna Mia , na Barra, Rio de Janeiro.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as últimas notícias dos famosos

Entre as famosas que já disponibilizaram peças, estão Suzana Werner, Ana Luísa Castro e Dani Monteiro, além da própria Danielle, claro. “Aceitamos peças de conhecidos e não conhecidos. Metade do valor fica com a pessoa que nos cedeu a roupa, metade com o brechó”, explicou Renata Ciraudo, uma das sócias da Dani. Além dela, Fabiana Misse e Tatiana Caiafa também participam do empreendimento. Parte da renda é doada para Fundação do Cancêr em prol da pediatria do Inca. “Além de fazer a roupa circular, ajudamos as criancinhas que precisam”, explica Fabiana.

Leia também: Danielle Winits ironiza: “Só eu, Luana e Deborah namoramos, né? O resto é santa”

O negócio começou na internet, mas deu tão certo que elas resolveram criar uma loja física, no shopping Millenium, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. “O brechó é uma oportunidade de as pessoas estarem na moda sem gastar muito dinheiro. Além disso, agrega o pensamento de reciclagem, do menos é mais. Por que ficar no armário com uma roupa que nunca mais usar?”, diz Danielle.

No La Luna Mia é possível encontrar peças de R$ 10 até R$ 3mil, caso de uma bolsa carteiro Prada que custa o dobro nas lojas da marca. “Não precisamos ter uma vida de exageros. Cada vez mais prezo pela qualidade e não pela quantidade. O brechó traz peças atemporais. É um estilo de vida, que acaba criando uma personalidade mais marcante no modo de se vestir”, disse a atriz.

O novo negócio está despertando o desejo de Danielle de voltar a fazer uma linha própria de roupas. “Estou focada totalmente no bazar, mas como já tive com a minha mãe a Winits, penso em voltar a criar as minhas roupas. Mas isso é mais para frente”, disse ela.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.