Guilherme e Stéphanie de Lannoy subiram ao altar com a presença da realeza local e de herdeiros reais de outros países

EFE

O príncipe Guilherme de Luxemburgo se casou neste sábado (20) com a condessa belga Stéphanie de Lannoy na Catedral de Nossa Senhora de Luxemburgo, na capital do país, diante dos olhares de numerosos convidados das casas reais do mundo todo.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as últimas notícias dos famosos

A cerimônia religiosa foi oficiada nos idiomas do Grande Ducado (francês, alemão e luxemburguês), além de inglês e flamengo.

A noiva, Stépahnie, de 28 anos, que já havia se casado com Guilherme nesta sexta-feira (19) no civil, chegou à catedral luxemburguesa acompanhada de seu irmão mais velho e herdeiro ao título de Conde de Lannoy.

A princesa de Luxemburgo usava um vestido confeccionado pelo estilista dos famosos  Elie Saab , em tom champanhe e saia volumosa, com bordados em fio de ouro e um longo véu.

Segundo informou o Grande Ducado, para elaborar o vestido foram necessárias 3,2 mil horas de trabalho para os bordados e 700 horas de costura.

Guilherme, de 30 anos, que vestia o uniforme de gala do Exército do Grande Ducado, esperou paciente a chegada de Stéphanie pelo tapete vermelho.

A cerimônia começou com uma oração silenciosa pela recentemente falecida mãe da noiva, a condessa Alix della Faille de Leverghem .

A música que abriu a cerimônia, que durou mais de duas horas, foi "Grosser Gott" de compositor Ignaz Franz .

Durante o casamento foram lidos, entre outros textos, a carta de São Paulo aos Coríntios e o evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus.

A catedral de Nossa Senhora de Luxemburgo, de estilo gótico, mas com pórtico renascentista, foi decorada para a ocasião com motivos florais pelos jardineiros de Cumular-Berg.

Entre os convidados, estavam os príncipes das Astúrias, em representação da família real espanhola.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.