O humorista que interpreta a personagem Valéria Bandida, de "Zorra Total", dará vida ao famoso amigo de Shrek no musical que estreia em dezembro no Rio de Janeiro

Mais um espetáculo de sucesso da Broadway chega ao País. "Shrek, o Musical" estreia no Rio de Janeiro em 14 de dezembro, no teatro São Caetano. A superprodução contará com um elenco de quase 30 atores, muitos efeitos especiais e um dragão de mais de 5 metros de altura. O personagem principal será interpretado por Diego Luri - papel desejado por Tiago Abravanel , mas que está comprometido com as gravações da novela "Salve Jorge", da Globo.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as últimas notícias dos famosos

Quem dará vida ao Burro é um humorista já conhecido do grande público, Rodrigo Sant’Anna , que interpreta a Valéria Bandida no programa “Zorra Total”, da Rede Globo. "Recebi um email dos produtores me convidando para interpretar o Burro no musical. Não sabia cantar e não sabia o que era o Burro. Nunca tinha assistido a ‘Shrek’. Minha primeira reação foi não aceitar porque nunca tinha cantado na vida", disse o ator. Além do musical e do Zorra, Rodrigo ainda estreia no final do mês a peça “Patrão”, no Rio. Confira o bate-papo:

iG: Qual é a sua maior referência para humor?
Rodrigo Sant’Anna: Maior referência para mim é o Chico Anysio . Mas procuro elementos em Buster Keaton , Charles Chaplin e Jacques Tati .

iG: O Burro terá alguma adaptação na montagem brasileira?
Rodrigo Sant’Anna : Queria dar um tom mais nacional, que agradasse o público. O Burro tem muito do carioca malandro, esperto... Pensei em até colocar uma correntinha de São Jorge, mas acho que a direção não vai deixar.

iG: O que gosta de ver na TV?
Rodrigo Sant’Anna: Paulo Gustavo (do Multishow), “Tapas & Beijos”, “Sai de Baixo”, adoro textos do Miguel Falabella e, claro, “Zorra Total”.

iG: Gosta do humor mais critico, politicamente incorreto, como faz Rafinha Bastos?
Rodrigo Sant’Anna: Eu não assisto por falta de tempo mesmo. Estou trabalhando muito e não tenho tempo para ver muita TV. Quando eu vejo, assisto aquilo que é mais certo, que eu sei que vou gostar. Mas não tenho nada contra esse humor.

iG: Você está em dois projetos no teatro e na TV. Não se cansa?
Rodrigo Sant’Anna: Sempre fui muito ativo, trabalhador, nunca gostei de ficar parado.

iG: Como está o processo de denúncia de racismo contra a Globo por causa de sua personagem Adelaide, do “Zorra Total”?
Rodrigo Sant’Anna: Isso é com a assessoria da Globo. Não chega até mim. É um pedido deles para passar todo esse assunto para a emissora.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.