Atores prestigiaram a estreia do filme “Uma História de Amor e Fúria”, nessa segunda-feira (8), no Festival do Rio

Camila Pitanga , Rodrigo Santoro e Selton Mello lançaram o filme “ Uma História de Amor e Fúria ”, nessa segunda-feira (8), no Cine Odeon, no centro do Rio de Janeiro. O trio dubla a animação para adultos, que é primeiro filme do gênero a concorrer ao prêmio Redentor do Festival do Rio.

Leia também: Selton Mello sobre seu filme ser indicado ao Oscar: “É uma sensação de reconhecimento”

"Eu sou suspeito para falar porque comecei no cinema com o Luiz Bolognesi (diretor do filme) quando ele fez o roteiro do 'Bicho de sete cabeças'. Achei genial contar a história de um país através de uma animação. É um projeto corajoso. Foi um desafio porque dublei dois personagens, os antagonistas. Então tive de criar vozes diferentes”, contou Rodrigo, que se prepara para voltar a dublagem no longa “Rio 2”, de Carlos Saldanha.

Camila, que há 11 anos tinha emprestado sua voz para a personagem Kida do filme “Atlantis - O Reino Perdido”, disse que teve liberdade para criar. "Tenho paixão pelo projeto que tem sentido político e possibilidade de emocionar. O filme fala da história do país, isso me cativou muito. O Selton é descoladão nesse lance de dublagem, mas eu não. Foi um ótimo exercício. A solidão da cabine me deu o poder de me experimentar com a expressão da minha voz. Adorei!”, afirmou ela.

Veja: Thaila Ayala desmente crise com Paulo Vilhena: “Só esqueci de colocar a aliança”

Selton completou: "Trabalhei com dublagem grande parte da minha vida e isso faz parte da minha formação. Foi muito bom fazer esse filme”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.