Ator contou também que sua mãe chegou a levá-lo ao médico para descobrir o que havia de "errado" com ele

Em entrevista ao programa "60 Minutes" nesse domingo (30), Arnold Schwarzenegger revelou que seus pais achavam que ele era gay na adolescência. 

Siga o iG Gente no Twitter e receba as últimas notícias dos famosos

Schwarzenegger começou sua carreira como fisiculturista
Reprodução
Schwarzenegger começou sua carreira como fisiculturista

O astro de "Os Mercenários 2" contou que chegou a apanhar de cinto do pai. "Eles achavam que tinha algo `estranho` acontecendo comigo. Meu pai correu atrás de mim com um cinto para me bater. E minha mãe me levou ao médico. Não sei se ela achava realmente que eu era gay, ou se estava preocupada porque me considerava diferente", disse. 

CONFIRA AQUI: Schwarzenegger sobre a mulher: "Causei grande dor à Maria, e uma dor ainda maior nas crianças"

Segundo o ator de 65 anos, a suspeita teve início quando seus pais perceberam que só havia cartazes de homens nus pendurados nas paredes de seu quarto. "Ela perguntou ao médico: `Doutor, você pode me ajudar? Acho que há algo errado com meu filho, porque o quarto dele é cheio de fotos de homens nus. Todos os amigos dele têm fotos de mulheres nuas, mas ele não", contou o ator, se referindo à imagens de fisiculturistas dos quais ele era fã. 

LEIA TAMBÉM:  Arnold Schwarzenegger chega aos 65 anos retornando ao cinema

Ainda na entrevista,  Schwarzenegger contou detalhes sobre o caso que teve com uma ex-empregado enquanto era casado com Maria Shriver. "Trair foi a coisa mais estúpida que já fiz", confessou o astro. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.