Apresentadora, que colecionou amigos ao longo dos anos na TV, sempre falou o que vinha à cabeça

Hebe Camargo morreu na madrugada deste sábado (29) em sua casa, no Morumbi, em São Paulo . A apresentadora ficou conhecida por seu alto astral, bom humor e espontaneidade. Sem papas na língua, Hebe sempre falou tudo o que vinha à cabeça.

Siga o Twitter do iG Gente e acompanhe todas as notícias dos famosos

Relembre as frases mais marcantes da carreira de Hebe Camargo:

"Eu só penso e atraio coisas boas";

"Alegria atrai alegria. Sorria, você está sendo filmado";

“Fora do ar eu não fico. Eu me sinto plena num palco. Gostaria de morrer no ar. Sei lá, falar algo no microfone e depois, puf, cair”;

"Quando você for brindar com um homem, olhe bem nos olhos dele, senão você vai ficar sete anos sem transar". Obs.: Apresentadora, de 74 anos, falou a frase depois de beijar na boca a atriz Beatriz Segall, de 67, em seu programa do SBT;

"Eu não tenho solidão. Sou feliz comigo";

“Não tenho medo de morrer. Tenho peninha. Já pensou não poder mais vir aqui com você ou manguaçar com os amigos?”, falou a apresentadora sobre a morte no “De Frente com Gabi”, em junho de 2010;

“Sou conservadora. A televisão hoje em dia desrespeita o telespectador. É só bunda. Bunda não é talento. Eu nunca colocaria silicone, e olha que a minha bunda é murcha";

“Paixão tenho pelos meus cachorros, que não têm bolso”;

“Não sou tão doce quanto parece. Estou começando a ficar ranzinza aos 81 anos”;

"Não tenho joias que eu ganhei de marido, de amante. Quer dizer, de amante tem (risos)";

"A essa altura da minha vida, o melhor é estar sozinha. (...) Se eu tivesse alguém hoje, seria um conhecido, um amiguinho. Mas, marido? Nem pensar";

"Sou uma perua assumida, ganhei até prêmio na Bahia como a 'perua do ano'. Adoro estar sempre cheias de colares e pulseiras";

"Faço piada de mim mesma. Quando me perguntaram que cirurgia eu fiz, eu disse que era no testículo ao invés da vesícula, tinha esquecido o nome. Depois dou risada dessas besteiras que eu falo";

"A vida é uma e a gente tem que saber viver os momentos da melhor maneira possível";

"Eu sempre ri da vida, me diverti com tudo. Não dou mais importância à vida agora do que antes, não. A vida sempre foi importante para mim";

“Eu e Gianecchini só pensamos em vida, não em morte. Acho que esse é o segredo”;

"Que coisa ridícula eu, com 58 anos, falar bumbum. É bunda, não é?"

"Gosto de homem mais velho, de 65, 70 anos. Não precisa ser magrinho, pode ser meio rechonchudinho, cabelos grisalhos";

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.