Três cirurgias, internações e sessões de quimioterapia não conseguiram reverter o quadro clínico da apresentadora

Em janeiro de 2010, Hebe recebeu o diagnóstico de câncer no peritônio e foi internada no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, para uma cirurgia na região afetada (a membrana que cobre o intestino), e a primeira bateria de sessões de quimioterapia. Em março do mesmo ano, Hebe voltou à ativa na emissora de Silvio Santos , num programa especial em comemoração ao seu aniversário, que teve a participação de Ana Maria Braga e Xuxa .

Siga o iG Gente no Twitter e receba notícias dos famosos em tempo real

Animada e bem disposta, chegou a declarar que tinha vencido a doença, mas em março de 2012 Hebe foi internada novamente para a retirada de um tumor no intestino. “Desta vez foi bem mais sério do que a (cirurgia) anterior”, falou na época. Em junho deste ano, Hebe passou por uma terceira intervenção cirúrgica e retirou a vesícula.

Em agosto deste ano, a apresentadora voltou a ser internada para fazer um tratamento de suporte nutricional e metabólico .

LEIA MAIS: Entenda o câncer da Hebe

Desde então, a apresentadora ficou afastada da televisão e voltaria ao ar em breve, já que na última semana assinou contrato com o SBT e retornaria à emissora de Silvio Santos. Mesmo assim, não parou de trabalhar e manter contato com seus fãs: Hebe criou um canal no YouTube, cujo primeiro vídeo foi de incentivo à doação de órgãos. Recentemente, artistas como Astrid Fontenelle, Pelé e Pedro Leonardo foram à casa de Hebe para gravar entrevistas para a apresentadora, que já estaria negociando o fim de seu contrato com a RedeTV!. O amigo e antigo patrão, Silvio Santos, queria Hebe de volta no SBT.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.