Atriz de “Malhação” contou ainda como chegar a boa forma com quase quarenta anos de idade

Prestes a completar 39 anos no final deste ano Danielle Winits mostrou a ótima forma usando um vestido justo e com a lateral transparente da grife Emilio Pucci . “Não tem muito segredo na verdade. Nunca levar uma vida sedentária, estar sempre apostando numa vida mais saudável com exercício e alimentação balanceada. Isso é o básico, se a gente se focar no básico, fica mais fácil”, disse ela na pré-estreia do filme “Até que a Sorte nos Separe”, de Roberto Santucci , na noite desta segunda-feira, (24), no Cinemark Eldorado, do Shopping Eldorado, em São Paulo.

Siga o iG Gente no Twitter e acompanhe todas as notícias sobre sua estrela favorita

A atriz contou ainda que para manter o corpão foi preciso se tornar mãe. “Hoje em dia carregar duas crianças no colo. Fazer levantamento de criança”, disse a atriz, aos risos, se referindo aos dois filhos, Noah , de quatro anos, de seu casamento com Cássio Reis , e Guy , de um ano, filho que teve com o outro ex, Jonatas Faro .

Sobre o filho mais velho, Danielle está adorando ver a reação de Noah descobrindo a profissão da mãe através da novela “Malhação”. “Meu filho de quatro anos está apaixonado. Estou começando a deixar ele ver porque tem essa nova temporada voltada a uma coisa mais adolescente mesmo, com universo infantil, então ele está adorando”, contou.

Para a atriz retornar a atração global após sete anos também é motivo de descoberta. “Estou bem contente, nunca é uma via única né, você trabalhar com gente nova tem outro lado, de você ser nutrido que é novo também, dar um pouco da sua experiência, poder trocar, acho que esse é o nosso ofício, o verdadeiro significado”, completou.

No campo amoroso Dani parece estar feliz com o namorado, o jogador de futebol do Tot Sport Clube, Amaury Nunes . Sempre que pode a atriz acompanha - e posta fotos -, do jogador que morava no Texas, Estados Unidos, e agora reside em Bancoc, na Tailândia. Sobre abandonar a carreira por um grande amor, Dani acredita que tudo é possível. “É tão difícil a gente julgar as coisas. Depende do momento, se a gente pode abdicar em certo momento da sua carreira em função da sua vida pessoal. Tudo depende do momento. Acho que nunca digo nunca pra nada na vida mas eu acho que a gente vive melhor quando estamos realizada profissionalmente e afetivamente. É assim comigo. O conjunto dos fatores é que dá o produto final mais bacana”.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.