Rapper recebe advertência de juíza no processo de agressão contra a cantora e terá que prestar serviço comunitário

Chris Brown foi advertido nessa segunda-feira (24) pela juíza Patricia Schnegg , nos Estados Unidos. O rapper, que está na condicional desde 2009, quando foi acusado de agredir sua ex-namorada, a cantora Rihanna , foi reprovado no teste de drogas e substâncias tóxicas que fez na Virgínia.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as últimas notícias dos famosos

Segundo o jornal britânico “Daily Mail”, o teste acusou presença de maconha no organismo do cantor, droga proibida no Estado em que ele fez os exames. Durante a advertência da juíza, ela refrescou a memoria de Chris quanto a situação dele: "Você não é uma pessoa comum, que pode se sentar em sua sala de estar e fazer o que você quer quiser. Você não está só sob os olhos do público, mas sim em liberdade condicional. "

Encaminhado para a Califórnia, onde o cantor mora, Chris Brown terá que prestar serviço comunitário, que será decido nas próximas 72 horas.

Durante a tarde, Rihanna surpreendeu a todos escrevendo em seu Twitter uma mensagem de apoio ao cantor. "Eu estou rezando por você e te desejando o melhor hoje", mensagem que respondida com um “Obrigado” de Chris Brown.

Rihanna ainda continuo seu apoio, escrevendo: "Orando por você baby. Os meus melhores votos estão com você! Lembre-se que tudo o que Deus faz em nossas vidas é bem feito! # 1 Love ".

    Leia tudo sobre: Rihanna
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.